Conectado por

Religião

Pra. Elza Amorim-Visão e traslado


Compartilhe:

Publicado por

em

Visão e traslado: PT E PSOL colocando algo nas pessoas; Marge e Margaret Thatcher, revista em quadrinhos, este vírus já havia sido premeditado; Brasil em escuridão devido as vacinas; caso médica; entrevista.
Na madrugada do dia 8 de junho de 2021, ou 8 de junho do ano 4 do século 21 D.C., eu tive essa visão, assim como, eu fui trasladada em meu espírito e vi e ouvi o que segue:
Eu ouvia muitas falas e via as cenas também, era muita gente, algo tumultuado, complicado. E eu via pessoas deitadas, como anestesiadas, e, eu via sendo colocado como um fio, algo assim, por dentro da pele daquelas pessoas.
Eu sentia agonia, e não consegui guardar o que era, mas eu lembro dessas duas palavras:
“PT e PSOL”
(Eu entendi que estes dois partidos estão injetando algo nas pessoas, as destruindo… saberemos, algo virá a tona)
Depois, eu ouvia muito barulho, algo estranho, minha cabeça doía, eu não conseguir guardar as cenas que eu via, mas lembro-me que eu ouvir assim:
“Mas o Detroit não entendeu, Marge e Margaret Thatcher são as coisas mais imprevisíveis do mundo”
Então eu vi uma mulher e ir andando de costas para mim, segurando na mão de uma garota.
Era muito tumulto.
Minha mente voltou
(Algo envolvendo a Margareth Thatcher virá a público)
Depois, Deus me mostrou que, este vírus, esta pandemia, é algo tão premeditado que já foi até contado em revistinha de quadrinhos. Ele me mostrou o gibi em quadrinhos, eu vi os quadrinhos, e os personagens de capacetes transparente, as figuras eram coloridas, eu não conseguir ler o escrito, mas eu sabia que contava a história de um vírus.
Não conseguir guardar que revistinha era esta.
(Difícil será para a humanidade, quando a verdade vier a tona)
Na noite do dia 9 de junho de 2021, ou 9 de junho do ano 4 do século 21 D.C., eu estava orando, pedindo a Deus misericórdia, devido a quantidade de gente já vacinada no Brasil, pois, isto vai causar uma irreparável destruição na vida destas pessoas.
Foi quando em visão, Deus me mostrou a bandeira do Brasil, ela estava pendurada em uma haste, mas caída, o artigo dela era sintético, plástico, a cor verde era verde cana desbotado, muito feio; o amarelo parecia miolo de abóbora amadurecida pelo sol; e o azul era anil fosco, sem vida, e a bandeira estava envolta em breu, era tudo escurecido em torno dela.
Minha mente voltou
(Isto é, as pessoas estão pensando que essas vacinas é coisa boa, mas, na verdade, elas vão destruir a Nação brasileira. Estas vacinas estão deixando o Brasil em uma tremenda escuridão, o que vai acontecer com as pessoas que estão sendo vacinadas não vai ser fácil)
Depois, eu ouvia muitas falas, eram manobras sobre a pandemia, algo tenso, falavam sobre pessoas entubadas, algo tumultuado, eu me lembro destas palavras:
“Por que a doutora Maristela….ou foi Maricelia”
(Certamente, algum caso envolvendo esta médica virá a público…saberemos)
Depois eu via pessoas, ouvia falas, eu tive a impressão que era o repórter Cabrini entrevistando alguém, mas não tenho certeza. Eu me lembro que um homem sentado de frente para outro, falou assim:
“Foram sete livramentos que o Senhor me deu hoje!”
O aparente repórter respondeu:
“Você está cansado?”
O homem disse:
“sim, eu estou”
O repórter em tom de afirmação, disse:
“Ele venceu a morte!”
Minha mente voltou
(Algo deste tipo virá a ser sabido por todos)
QUEM TEM OUVIDOS PARA OUVIR, QUE OUÇA!
Mas, quando vier isto (eis que está para vir), então saberão que houve no meio deles um profeta. Ezequiel 33:33
Pra. Elza Amorim