Conectado por

Agronegócios

Plantio de soja perde ritmo no Paraná com chuva e fica aquém de 2017, diz Deral

Publicado por

em

Em boletim, o órgão da Secretaria de Agricultura do Estado disse que a semeadura da oleaginosa alcançava até a véspera 47 por cento dos 5,5 milhões de hectares previstos, avanço de nove pontos em uma semana, mas inferior aos 51 por cento de igual momento de 2017.

Continua após a publicidade

Em relatório separado, o próprio Deral já havia destacado que precipitações acima da média têm atrapalhado os trabalhos de campo, como na região de Umuarama, o que contrasta com um início de plantio mais acelerado no Estado.

Nos últimos sete dias, as chuvas superaram o normal para esta época do ano em praticamente todas as partes do Paraná, com o noroeste recebendo 39 milímetros a mais do que o usual, segundo dados do Agriculture Weather Dashboard, do Refinitiv Eikon.

Para as próximas duas semana, espera-se que as precipitações fiquem abaixo do esperado.

Também tem retardado o plantio de soja o atraso na colheita do trigo, algo visto na região de Cascavel, por exemplo, segundo o Deral.

Até o momento, 70 por cento da área de trigo já foi colhida no Estado, o maior produtor brasileiro do cereal, frente 62 por cento na semana anterior e 79 por cento um ano atrás.

Contudo, o desenvolvimento da safra de soja segue mais adiantado, após o início do plantio mais precoce da história do Estado. Segundo o Deral, 74 por cento das lavouras já estão em desenvolvimento vegetativo, ante 41 por cento na mesma época de 2017.

MILHO

Em relação ao milho de primeira safra 2018/19, a semeadura já se encaminha para o final no Paraná.

De acordo com o Deral, o plantio do grão totaliza 85 por cento dos 352 mil hectares previstos, ante 79 por cento há uma semana e 76 por cento em igual momento do ano passado.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *