Conectado por

Direto de Brasília

Novas regras para saques do FGTS deve ser assinada por Bolsonaro nesta quarta-feira(24)


Compartilhe:

Publicado por

em

Nas novas regras para saques nas contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), que serão anunciadas na semana que vem, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) criticou a multa de 40% sobre os saldos nas contas, que hoje é paga pelo empregador quando a demissão se dá sem justa causa.

Ele nega que vai propor mudanças neste momento, mas ressalta que no futuro será necessário repensar as leis trabalhistas do país. “Essa multa de 40% foi quando o [Francisco] Dornelles era ministro do Fernando Henrique Cardoso. Aumentou a multa para evitar a demissão, ok? O que aconteceu depois disso? O pessoal não emprega mais por causa da multa. Nós estamos em uma situação que nós temos que falar a verdade, é quase impossível ser patrão no Brasil. Defender empregado dá mais voto”, disse.

A equipe econômica ainda trabalha na elaboração da proposta e o texto deve ser concluído na tarde desta segunda-feira (22). Na terça, a proposta será apresentada ao presidente, que deverá assinar uma Medida Provisória (MP) sobre o assunto na próxima quarta-feira (24) à tarde.