Conectado por

Saúde

Não encontro álcool em gel. O que fazer para evitar coronavírus?

Publicado por

em

Por conta da grande procura, o álcool em gel sumiu das prateleiras das farmácias. Mas encontrar um substituto eficiente para higienizar as mãos não é tão difícil assim: água e sabão servem.

“Desde que bem feita, a lavagem das mãos com água e sabão é muito eficiente. O álcool em gel é uma opção apenas mais prática”, garante a infectologista Ana Helena Germoglio, do Hospital Brasília.

Para limpar superfícies como mesa, teclado, mouse, telefones e telas, a infectologista sugere uma solução preparada a partir de água sanitária e água (solução de hipoclorito). São nove medidas de água para cada uma de água sanitária. “É eficiente para matar micro-organismos e não causa efeitos tóxicos nas pessoas”, aconselha.

A médica lembra que o momento é de usar os suprimentos com racionalidade, pensando no coletivo. “Não é aceitável estocar álcool em gel em casa, é preciso racionalizar os insumos”, afirma a médica.

O Centro de Controle de Doença dos Estados Unidos recomenda cinco passos para uma boa lavagem das mãos:

1. Molhe as mãos com água corrente limpa (quente ou fria), feche a torneira e ensaboe as mãos;

2. Esfregue as mãos com sabão até espumar;

3. Esfregue a espuma nas costas das mãos, entre os dedos e debaixo das unhas;

4. Esfregue as mãos por pelo menos 20 segundos;

5. Enxágue bem as mãos com água corrente limpa e seque-as com uma toalha limpa.

FONTE: METROPOLES