Conectado por

Diversão

Mar, deserto, vulcões e dinossauros: a história de Chapada


Compartilhe:

Publicado por

em

Cidade turística mais conhecida de Mato Grosso, Chapada dos Guimarães já foi mar, deserto e região vulcânica, além de ter sido habitada por uma espécie de dinossauro que só viveu ali.  

P U B L I C I D A D E

Todas essas riquezas históricas, construídas durante centenas de milhões de anos, ficaram registradas, por exemplo, nas rochas presentes na cachoeira Véu de Noiva, no mirante e nos famosos paredões. 

Essas rochas que estão em Chapada foram formadas no fundo do oceano, que depois virou uma cordilheira, parecida com o Himalaia

Para além desses lugares mais conhecidos, o chamado geopatrimônio, que engloba os minerais, as rochas, os fósseis e formas de relevo, pode ser encontrado em 28 pontos turísticos de Chapada. Por isso, foi sancionada uma lei que imputou à cidade o título de “Capital Estadual da Geodiversidade”.

O que fazer na Chapada dos Guimarães MT: roteiro completo (2022)

Em razão disso, os geólogos e professores da Faculdade de Engenharia de Minas da UFMT (Universidade Federal de Mato Grosso), Caiubi Kuhn e Flávia Santos, decidiram coordenar pesquisas em diversas áreas de Chapada para contar a história de transformação que a região foi submetida ao longo do tempo.

https://www.midianews.com.br/cotidiano

Publicidade



Desenvolvimento
 Bônus de boas-vindas
Nossa webrádio parceira: dj90.com.br