Conectado por

Mato Grosso

Mais de mil profissionais da saúde estão afastado dos trabalhos por conta da Covid-19


Compartilhe:

Publicado por

em

O secretário de Saúde de Mato Grosso, Gilberto Figueiredo (DEM), que depois de se infectar com a Covid-19 e ficar de quarentena por mais de 15 dias, voltou ao posto executivo, afirmou na manhã desta sexta-feira (10) que atualmente pelo menos mil funcionários de hospitais estão afastados devido à doença.

Os profissionais são enfermeiros, técnicos, médicos e outros profissionais em geral. Isso se agrava mais ainda porque o mercado está sem profissionais disponíveis para serem contratados.

“Temos um quadro com mais de mil profissionais afastados. Inclusive já perdemos alguns profissionais devido à gravidade da doença. O governador está em busca da contratação de novos profissionais, mas está cada vez mais difícil achar mão de obra para esse momento. Mesmo tendo aumentado o valor pago por plantão, está difícil”, disse o secretário.

Gilberto também lembrou que esses profissionais que se afastaram por conta da infecção da Covid, terão o plantão pago conforme o que foi trabalhado em 14 dias antes da infecção.

“O profissional está sendo afastado em demanda grande. Às vezes são 10 em uma semana apenas. Por isso encaminhamos para a Assembleia um projeto que possa dar ao profissional infectado a possibilidade de ganho. O quanto ele trabalhou em 14 dias antes da infecção, ele irá receber quando estiver afastado”, comentou o secretário.

Fonte:OlharDireto