Conectado por

Acre

Mais de 30 mandados judiciais são cumpridos em operação contra organização criminosa no AC


Compartilhe: Entre no nosso grupo do Whatsapp

Publicado por

em

Uma ação conjunta entre as polícias Civil, Federal e Militar cumpre 37 mandados judiciais nesta quinta-feira (21) em três cidades do Acre e no Mato Grosso. Os alvos da “Operação Maleficent” são integrantes de uma organização criminosa com atuação nos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, homicídios e outros.

Ao todo, são 25 mandados de prisão preventiva e 12 de busca e apreensão. Policiais continuam nas ruas em cumprimento às ordens judiciais e até o momento, 13 pessoas foram presas, sendo uma no Mato Grosso. No Acre, os mandados são cumpridos em Rio Branco, Plácido de Castro, Sena Madureira e Cruzeiro do Sul.

O delegado de Polícia Federal Otávio Fonseca informou que as investigações iniciaram em 2020, após uma pessoa ser presa no aeroporto de Rio Branco tentando embarcar com quatro quilos de cocaína com destino à cidade de João Pessoa, na Paraíba.

“Nesse dia foi feita a prisão em flagrante por policiais federais do aeroporto e a partir dali se iniciou uma investigação para tentar descobrir algo mais. Em decorrência dessa investigação, a força-tarefa de Segurança Pública, composta pela pelas polícias Federal, Civil e Militar, conseguiu chegar a integrantes de uma organização criminosa. Foi pedido à Vara de Delitos e Organizações de Rio Branco mandados de busca e apreensão e de prisão preventiva, que foram deferidos, e nesta quinta [21] foi deflagrada esta operação”, disse o delegado.

Operação Maleficent foi deflagrada pelas polícias Civil, Federal e Militar nesta quinta-feira (21) no Acre — Foto: Arquivo/PC-AC

Operação Maleficent foi deflagrada pelas polícias Civil, Federal e Militar nesta quinta-feira (21) no Acre — Foto: Arquivo/PC-AC

Segundo a polícia, o nome da operação faz referência ao vulgo que o investigado principal era chamado pelos demais integrantes da organização.

O delegado Pedro Paulo Buzolin informou que a maioria dos presos confessou a prática do crime de integrar organização criminosa e boa parte deles já responde processo pela prática de tráfico de drogas. Um dos presos na operação desta quinta tinha sido solto na quarta (20) em audiência de custódia após prisão em flagrante vendendo drogas.

“A força integrada de combate ao crime organizado no estado do Acre vem apresentando excelentes resultados. Já prendemos mais de 100 pessoas nos últimos meses, demonstrando que a união das forças vem auxiliar toda segurança pública do estado na redução dos índices de criminalidade, que vem sendo demonstrado nos números. Tivemos redução expressiva de homicídios no estado, bem como de outros crimes violentos”, afirmou Buzolin.

A polícia informou que as investigações continuam para tentar chegar a outros integrantes da organização criminosa.

G1.globo.com

Publicidade
Casas De Apostas Online

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento