Conectado por

Ariquemes

Jovem que se afogou em lagoa de praça morre após sete dias internado em Ariquemes, RO


Compartilhe:

Publicado por

em

Após uma semana internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), o adolescente de 17 anos, que havia se afogado na lagoa de uma praça em Ariquemes (RO), no Vale do Jamari, morreu na noite da última terça-feira (26). O afogamento aconteceu na noite de 19 de março, na Praça do Quero-quero, no Bairro Jardim Europa.

O estudante teve um quadro de parada cardiorrespiratória revertido duas vezes e estava internado em um hospital privado do município.

Durante a internação, o jovem respondia bem à medicação, mas ainda permanecia em coma induzido e não resistiu por volta das 23h40, de terça-feira.

O hospital que a vítima estava internada confirmou o óbito na manhã desta quarta-feira (27), mas não divulgou a causa da morte. O corpo do adolescente foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Ariquemes. Segundo o IML, a causa da morte foi uma infecção generalizada seguida de falência múltipla dos órgãos.

O velório da vítima acontece em uma igreja, ao lado da Escola Municipal Magdalena Tagliaferro, no Setor Jardim das Palmeiras.

Entenda

Vítima foi resgatada pelos bombeiros após ficar 10 minutos submersa — Foto: Rede Amazônica/Reprodução

Vítima foi resgatada pelos bombeiros após ficar 10 minutos submersa — Foto: Rede Amazônica/Reprodução

O adolescente e outros dois amigos estavam na Praça do Quero-quero, na noite de 19 de março, quando resolveram atravessar a lagoa da praça a nado. Porém, a vítima não conseguiu concluir a travessia e parou no meio do lago, vindo a se afogar e submergir na água.

Ele foi resgatado por equipes dos Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) após ficar mais de 10 minutos submerso.

“Após cerca de 10 minutos de busca, conseguimos encontrar a vítima, que já estava em parada cardiorrespiratória, devido ao longo período que permaneceu submerso e foi resgatado com o apoio do Samu”, detalhou o sargento dos bombeiros, Dirceu da Silva Santos.

Depois de ser retirado da água, o adolescente foi submetido aos procedimentos de reanimação cardiopulmonar (RCP) até que fosse reanimado. Em seguida, a vítima precisou ser entubada e foi encaminhada para a unidade hospitalar.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *