Conectado por

Saúde

Inverno aumenta casos de doenças respiratórias nas crianças, alerta pediatra


Compartilhe:

Publicado por

em

Especialista do Hospital e Maternidade Femina aponta medidas que os pais ou responsáveis podem adotar para prevenir doenças respiratórias nessa época do ano

P U B L I C I D A D E

A chegada do inverno no Brasil, oficialmente em 21 de junho, traz consigo o aumento das doenças respiratórias, representando um desafio para a saúde da população. Entre as enfermidades mais comuns nessa época do ano, destacam-se a bronquiolite, a pneumonia, a asma, a gripe e o resfriado comum.

As crianças e os idosos são os grupos mais vulneráveis, sendo necessário redobrar os cuidados com essas faixas etárias. A pediatra Miriane Rondon, do Hospital e Maternidade Femina, em Cuiabá, compartilha recomendações essenciais aos pais e responsáveis para prevenir essas doenças respiratórias nas crianças.

Ela destaca a importância de evitar aglomerações em locais fechados, manter os ambientes arejados e manter a caderneta de vacinação da criança em dia.

“É muito importante o cuidado especial com as crianças durante o inverno e dentre as medidas que os pais ou responsáveis podem tomar é evitar lugares fechados, manter sempre ventilados, não levar a criança com sintomas para a escola e manter a vacinação da criança em dia, temos a vacina da gripe anualmente e inclusive, a vacina pneumocócica, que previne a pneumonia”, ressalta a pediatra.

Outras orientações fornecidas pela especialista são a lavagem nasal na criança, a umidificação dos ambientes, além de manter uma rotina de lavagem frequente das mãos.

Uma vez que a criança se encontre com alguma enfermidade, a médica alerta para a possibilidade de complicações decorrentes desses quadros infecciosos, como infecções bacterianas, a exemplo de pneumonias, sinusites e otites.

“Coriza e tosse são muito comuns, mas os pais devem se preocupar quando a febre passa de três dias, quando a criança tem desconforto e dificuldade para respirar, são sinais em que os pais devem procurar o Pronto Atendimento o quanto antes”, salienta a médica.

Por fim, a pediatra enfatiza que é fundamental que os pais ou responsáveis estejam atentos e adotem medidas preventivas durante o inverno para proteger a saúde respiratória de seus filhos.

“Ao seguir as orientações de profissionais de saúde, como manter a vacinação em dia, é possível reduzir a incidência dessas doenças e minimizar possíveis complicações. Assim, garantimos um inverno mais saudável e seguro para as crianças”, conclui a médica.

Sobre a Femina

O Hospital e Maternidade Femina atua há 43 anos em Cuiabá, nas áreas de Pediatria, Obstetrícia, Ginecologia, Clínica-Geral e pronto atendimento com plantão 24 horas. Também conta com estrutura laboratorial de análises clínicas, no caso de exames solicitados durante os pronto-atendimentos. Ainda fazem parte de sua estrutura UTI adulta, UTI Neonatal e UTI pediátrica.

ASSESSORIA
Publicidade



Desenvolvimento
 Bônus de boas-vindas
Nossa webrádio parceira: dj90.com.br