Conectado por

Agronegócios

Exportação de material genético avícola para o equador é renovada por três ano


Compartilhe: Entre no nosso grupo do Whatsapp

Publicado por

em

O Departamento de Saúde Animal (DSA/MAPA) recebeu ofício da Agencia Ecuatoriana de Aseguramiento de la Calidad del Agro – Agrocalidad/Equador comunicando decisão de revalidar “o reconhecimento da excelência da condição de saúde dos plantéis avícolas brasileiros”.

De acordo com o departamento, a notícia é positiva principalmente para as empresas brasileiras exportadoras de material genético avícola (ovos férteis e pintos de um dia), a fim de manter o comércio regular com aquele país. Atualmente, o Equador é o segundo principal destino de ovos férteis e pintos de um dia, mantendo as vendas em, ritmo ascendente.

Com a decisão da autoridade sanitária equatoriana, as “casas de genética avícola” brasileiras estão aprovadas a exportar àquele mercado pelos próximos três anos, desde de que não haja alteração do atual “status” sanitário brasileiro.

Além disso, o reconhecimento permite que as empresas brasileiras que produzem outros produtos de origem avícola requeiram habilitação à exportação para o Equador, seguindo os trâmites previstos na legislação do país.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove + quatro =

Publicidade
CRÉDITO JÁ - EMPRÉSTIMOS
Casas De Apostas Online

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento