Conectado por

Entretenimento

“Estamos exaustos”: Discurso de Camilla no BBB foi uma aula e emocionou público


Compartilhe:

Publicado por

em

Em uma semana difícil no BBB21, o resultado do Paredão desta terça-feira (6) foi especialmente aguardado e cercado de momentos que transcendem o jogo. Após a fala de João sobre o comentário de Rodolffo feito a respeito de seu cabelo, Tiago Leifert quebrou o protocolo para conversar com os brothers sobre o assunto e Camilla de Lucas trouxe ao debate falas que emocionaram e fizeram o público refletir.

Demonstrando apoio ao amigo, Camilla compartilhou suas experiências de vida e a dor que ‘piadas’ como as de Rodolffo causam não só neles, mas em muitas pessoas negras. “Entendo o João porque meu próprio cabelo é parecido com o dele e uso essa peruca porque estou em transição, tirando uma química do meu cabelo pra deixar igual ao do João. Não uso isso aqui para esconder quem eu sou e minha origem. É justamente para trazer de volta o que é meu e que por anos eu aprendi a odiar. O meu cabelo, o que vem de mim, da minha família”, disse.

Em seguida, Camilla deixou claro que não é um ataque direto e pessoal a Rodolffo, mas ao acontecimento como um todo e à justificativa de que ‘foi sem querer’, que é ouvida com frequência, mas nem sempre acompanhada de uma verdadeira mudança de comportamento:

“Eu realmente entendo que não foi na maldade, mas a gente que está do outro lado também não aguenta mais essa justificativa. Escuto esses termos, essas comparações desde que eu nasci. Hoje, não aceito mais e também não quero mais ficar ensinando”

A influencer carioca repetiu uma fala que teve em conversa com Rodolffo durante a madrugada, quando o sertanejo disse que cresceu ‘chucro’, sem informação e contato com assuntos sociais como esse. O recado foi simples: não há como voltar atrás na criação, mas, hoje, é imprescindível se informar e querer ter conhecimento.

“Essa cobrança de ‘a gente só vai aprender se vocês ensinarem’. Pesquisem. A internet está aí. Eu tô cansada, a gente está esgotado. Vou continuar falando porque sei que é necessário, porque a gente só consegue mudar essa sociedade falando e lutando, mas eu também estou cansada de ficar ensinado essa m*rda toda vez. Não aguento mais”, desabafou Camilla, que também deixou o recado para todos que minimizam a importância de debater o racismo na sociedade:

E se as pessoas ficam falando que é mimimi, que estão cansadas de ouvir isso, eu estou cansada de ter que falar também. Se é cansativo para vocês ouvir, é cansativo para mim viver”

Msn.com