Conectado por

Ji-Paraná

Energisa ‘‘atropela’’ lei de Rondônia que impede corte de energia aos finais de semana

Publicado por

em

Porto Velho, RO – Para quem acompanha o noticiário regional e os pronunciamentos realizados no Plenário da Assembleia Legislativa (ALE/RO) não houve surpresa com matéria veiculada pelo site Comando 190, de Ji-Paraná.

A empresa Energisa, que assumiu via concessão os serviços relacionados à prestação de energia elétrica aos consumidores de Rondônia vem, de maneira reiterada, “atropelando” a lei.

Lá mesmo em Ji-Paraná um casal de idosos que acabara de velar um filho recém-falecido se deparou com a residência em franco apagão assim que regressou ao lar.

O empreendimento, segundo a matéria, passou por cima da Lei 1783/07, que impede o corte tanto do fornecimento de água quanto de energia elétrica pelas concessionárias de serviços públicos em dias específicos.

De acordo com o dispositivo legal em questão, as concessionárias não podem suspender os serviços, por falta de pagamento, nas sextas-feiras, sábados, domingos, feriados e também no último dia útil anterior a qualquer feriado.

No último sábado, 29, apenas para citar um dos mais variados exemplos, o casal de idosos, exausto após dois dias de burocracia e trâmites religiosos em decorrência da morte de um dos filhos, só queria descansar. Pai e mãe do falecido estavam em Porto Velho, e, quando regressaram a Ji-Paraná para descansar, tiveram a surpresa desagradável.

Ao Comando 190, outro filho comentou:

“Meu irmão sofreu um acidente há mais de 20 dias e permaneceu em coma em um hospital de Porto Velho. No final da tarde de ontem, ele não resistiu e faleceu. Desde então, meus pais estavam em Porto Velho e, após o velório, que aconteceu durante todo o dia de hoje, voltaram para casa, onde pretendiam descansar. Mas ao chegar se depararam com a casa no escuro. Minha mãe está em choque e meu pai passou muito mal”, relatou, indignado à reportagem.

O filho explica que seus pais sempre pagaram as contas em dia, mas, por conta da morte do irmão, esqueceram de algumas faturas, como a apresentada pela própria Energisa.

Além da suspensão dos serviços, violando fatalmente a lei, os funcionários do empreendimento teriam retirado o relógio do padrão, levando os fios que o conectavam ao poste que fornecia energia à residência do casal.

Rondoniadinamica.com.br com informações e fotos do Comando 190

CONFIRA

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *