Conectado por

Acre

Eliane Sinhasique nos Pequenos Negócios, Alysson Bestene na Saúde; Conheça alguns dos nomes do primeiro escalão do governo de Gladson


Compartilhe:

Publicado por

em

O primeiro escalão do governo de Gladson Cameli está praticamente definido e deve ser anunciado na próxima sexta-feira. Faltam apenas alguns detalhes.

Pela composição, Cameli mostra, a priori, que vai cumprir o que disse sobre enxugar a máquina estatal. O próximo governo deve ter no máximo 13 secretarias.

Algumas das que existem hoje serão reduzidas. O governador eleito quer enxugar a máquina pública ao máximo e melhorar o funcionamento do Estado sobretudo em serviços essenciais.

Alguns nomes já foram antecipados por meio da imprensa. São eles: Ribamar Trindade (Casa Civil); Silvânia Pinheiro na Secretaria de Comunicação; Thiago Caetano (Obras); o procurador do Ministério Público Estadual, João Marques Pires (Segurança); o coronel Mário César vai comandar a Polícia Militar; o professor Mauro Sérgio deve assumir a Secretaria de Educação; e Semirames Dias, atual diretora de Auditoria Financeira e Orçamentária do Tribunal de Contas do Estado, deve ser confirmada como secretária de Fazenda.

O odontólogo Alysson Bestene, ex-vereador de Rio Branco, será o secretário de Saúde. O coronel Amarildo vai chefiar o Gabinete Militar.

A deputada estadual Eliane Sinhasique (MDB), que não conseguiu ser reeleita nas eleições de outubro, vai assumir a Secretaria de Pequenos Negócios, Pasta que também ficará responsável pelo setor de eventos do Estado.

A Secretaria de Agricultura e Produção do Estado será ocupada por uma pessoa indicada por Sérgio Petecão. O senador confirmou que deve indicar o engenheiro agrônomo Nilton Craveiro para o cargo. O ex-presidente do Banco da Amazônia, Marivaldo Melo, chegou a ser sondado, porém deve assumir o Sebrae. Petecão descartou seu fiel escudeiro Solino Matos na Agricultura.

Além de Sinhasique nos Pequenos Negócios e Eventos, o MDB deve indicar Maria Alice para a Secretaria de Administração e o DEM será responsável pelo Planejamento. É provável que Alan Rick indique Raphael Bastos para o cargo.

O secretário de Polícia Civil será uma escolha do vice-governador Major Rocha (PSDB), apesar da pressão da Associação dos Delegados do Acre pela nomeação por meio de lista tríplice.

A futura primeira-dama Ana Paula Cameli será a responsável, sem remuneração, pela área social do Estado.

Na nova configuração de secretarias deve haver uma fusão entre Educação e Cultura.

A ideia do próximo governador é cobrar um relatório de trabalho e produção de seus secretários a cada 60 dias.