Conectado por

Agronegócios

Eficiência e tecnologia aumentam força do agronegócio no Brasil


Compartilhe:

Publicado por

em

Um estudo publicado recentemente pelo Instituto Millenium, think tank sem fins lucrativos, e pela consultoria Octahedron Data eXperts (ODX) evidenciam um aumento da eficiência do agronegócio em diversas cadeias produtivas, apesar da alta dos preços dos alimentos e depreciação cambial.

Segundo o levantamento, mesmo diante da queda expressiva do Produto Interno Brasil (PIB) do Brasil em 2020, o valor adicionado da agropecuária cresceu 2%. Com R$ 439,8 bilhões, ela correspondeu 5,9% do PIB em 2020 — alçando 1,4 ponto a mais que no ano anterior.

De acordo com a pesquisa, “a mecanização e o investimento em tecnologia contribuem, de forma relevante, para o aumento de produtividade e, essencialmente, para a diminuição da diferença entre área plantada e área colhida”.

Os dados apontam ainda que grande parte da performance do agro decorre de vendas ao exterior, fazendo com que as exportações setoriais rendessem US$ 100,8 bilhões — representando um crescimento de 4,1% do que no ano anterior.

“Com muitos investimentos em inovação feitos pelo setor privado, o agro mostra que, em boa medida, não depende do estado. Pode haver equilíbrio”, explicou Priscila Pereira Pinto, CEO do Instituto Millenium.

Conexaopolitica.com.br