Conectado por

Acre

Diretor nega que presos estejam sendo espancados em Cruzeiro do Sul

Publicado por

em

O diretor da Unidade Penitenciária de Cruzeiro do Sul, Saulo Santos, esclareceu, na segunda-feira, dia 4, as informações de que presos teriam sido agredidos por agentes. O diretor disse que no dia da morte do agente penitenciário Gilcir Vieira houve um confronto com presos.

Continua após a publicidade

“Quando foi veiculado a morte, dois prédios começaram a fazer comemoração, os colegas foram advertir e foi executado um plano para que fosse revistada toda a unidade. No pavilhão B e C os presos confrontaram os agentes”, disse em entrevista à TV Juruá.

O diretor negou os boatos de que os presos estariam sendo espancados dentro do presídio, mas confirmou que houve um confronto. “Houve sim um confronto onde alguns presos apresentaram hematomas”, afirmou.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *