Conectado por

Cuiabá-MT

Cotado para ser vice de Botelho, Wellaton pode enfrentar o ex-aliado Abílio


Compartilhe:

Publicado por

em

O ex-vereador Felipe Wellaton foi exonerado do cargo de secretário-adjunto de Turismo de Mato Grosso. A ato foi publicado na quinta-feira (6), em edição extra do Diário Oficial assinada pelo governador Mauro Mendes (União).

P U B L I C I D A D E

Wellaton é cotado para ser vice na chapa do pré-candidato à Prefeitura de Cuiabá, o deputado estadual Eduardo Botelho (União). Ele deixou o Republicanos e se filiou ao Partido Renovação Democrática (PRD), legenda presidida pelo ex-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, em Mato Grosso.

Ao , Carvalho confirmou a intenção do partido em unir na mesma chama o ex-secretário e o presidente da Assembleia Legislativa. “O partido deve indicá-lo com vice na chapa do Botelho. Com certeza, um excelente quadro e agrega muito na candidatura do Botelho”, disse.

Felipe havia assumido a secretaria-adjunta de Turismo em abril do ano passado e deixou a função no fim do prazo obrigatório para gestores que forem se candidatar. Em 2020, ele abriu mão da reeleição a vereador e foi vice na chapa, Abílio Brunini (PL) na disputa pelo Palácio Alencastro, mas foram derrotados pelo prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) no segundo turno.

Esse ano, se for candidato, o ex-vereador irá enfrentar Abílio, que também irá disputar a sucessão de Cuiabá. Nos últimos meses, Wellaton, inclusive, chegou a fazer críticas ao ex-aliado, afirmando que ele “não teria maturidade” para estar na prefeitura.

Publicidade



Desenvolvimento
 Bônus de boas-vindas
Nossa webrádio parceira: dj90.com.br