Conectado por

Rondônia

Convocados em concurso vão contribuir com o fortalecimento do Controle Interno contra a corrupção


Compartilhe:

Publicado por

em

O Governo do Estado de Rondônia fortalece os controles do pacote anticorrupção por meio da convocação de 18 profissionais aprovados no último  concurso público da Controladoria Geral do Estado (CGE). “Esses profissionais atuarão nos setores de auditoria, fiscalização e controle com foco na gestão de risco e no monitoramento,” explica Francisco Lopes Fernandes Netto, controlador geral do Estado. 

Francisco Netto destaca a importância desses profissionais para reforçar o time que trabalha nos projetos prioritários do pacote anticorrupção determinados pelo governador Marcos Rocha. Essas novas atribuições precisam de mão de obra qualificada, que é o caso, pois atuaram conduzindo as regras de conflito de interesse, regras de compliance, de integridade e a de responsabilização de pessoas jurídicas, explica o controlador.

Serão convocados seis profissionais de nível superior para exercer o cargo de auditor de controle interno e 12 técnicos de nível médio para atuar na função de assistente de controle interno. “Esses novos profissionais vem suprir um grande déficit do quadro próprio de funcionários da CGE, que desde que foi criada em 1982, somente em 2018 foi realizado o primeiro concurso público. Ficando a execução das atividades da controladoria aos servidores cedidos de outras secretarias. Que aprenderam a duras penas as atividades e conseguiram tocar durante todo esse tempo,” relata Rodrigo Cesar Silva Moreira, coordenador técnico da CGE.

Rodrigo descreve que as equipes trabalham com o monitoramento e a gestão de risco, ou seja, orientam as unidades de algum problema possível de ocorrer antes que ele venha acontecer. “Nós trabalhamos com a fiscalização para orientação dos gestores quanto ao caminho das ações objetivando evitar problemas futuros. Além de ver se as coisas foram feitas dentro dos parâmetros legais”, detalha. 

CONTROLADORIA GERAL DO ESTADO 

A Controladoria Geral do Estado, órgão central do Sistema do Controle Interno do Poder Executivo, tem como finalidade assessorar diretamente o governador no desempenho de suas atribuições, quanto aos assuntos e providências atinentes, no âmbito do Poder Executivo, a defesa do patrimônio público, ao controle interno, à auditoria pública, à prevenção e combate à corrupção e ao incremento da transparência da gestão no âmbito da Administração Pública Estadual.

Foi criada em 31 de dezembro de 1981, sob a nomenclatura de Auditoria Geral do Estado-AGE. A Instituição passou por diversas alterações em sua estrutura organizacional de acordo com as reformas administrativas, passando a chamar-se Controladoria Geral do Estado em 22 de junho de 1995. 

Em 2011 a Controladoria Geral do Estado ganha nova reformulação, visando desenvolver com maior eficiência e eficácia suas atribuições e competências garantindo assim, um controle interno de excelência.

Lista dos nomeados em concurso público para ocuparem os cargos efetivos na Controladoria Geral do Estado – CGE no Diário Oficial do Estado: Edição 118 – 1 de julho de 2019

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *