Conectado por

Agronegócios

China compra soja brasileira em meio a incerteza com EUA

Publicado por

em

A China comprou pelo menos 20 cargas de soja brasileira na semana passada, motivados pela incerteza sobre um acordo comercial com os Estados Unidos, informou a agência de notícias Reuters. Os importadores também compraram nova safra brasileira de soja por causa de margens atraentes, sendo que os grãos serão entregues no início do próximo ano. 

As compras de soja dos EUA pela China têm sido irregulares devido à guerra comercial entre as duas nações, que resultou em altas tarifas. As tarifas devem aumentar, disse à Reuters, se os dois lados concordarem com a primeira fase de um acordo comercial. 

Embora os dois países tenham enviado sinais positivos em um acordo inicial, os mercados ainda estão preocupados com o fato de as negociações comerciais poderem parar, informou a agência de notícias. Após os 16 meses de guerra comercial, os compradores chineses de soja têm estoques apertados.  

Os estoques de farelo de soja atingiram a mínima de seis anos de 355.100 toneladas na semana encerrada em 19 de novembro, informou a Reuters. Ao mesmo tempo, a demanda diminuiu devido ao surto de doenças no rebanho de porcos da China, que encolheu 40% desde um ano atrás. 

Isso porque, o acordo conseguido não era o que os Estados Unidos esperavam. “Esperávamos ter um acordo (de fase um) até o final do ano. Ainda acho possível. Ao mesmo tempo, não vamos fechar os olhos para o que está acontecendo em Hong Kong ou no Mar do Sul da China ou em outras áreas do mundo onde estamos preocupados com as atividades da China”, disse o conselheiro de segurança nacional dos Estados Unidos, Robert O’Brien. 

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *