Conectado por

Acre

Casa-se muito no Acre: uniões civis são quase o triplo do Amapá


Compartilhe:

Publicado por

em

Mesmo diante das enormes dificuldades, os acreanos seguem casamenteiros. Em 2018, o número de casamentos no Acre foi quase o triplo do Amapá, 6.000 uniões acreanas contra 2.125 amapaenses, uma comparação aceitável, já que a demografia de um é parecida com a do outro.

E os acreanos gostam de casar cedo, tanto homem quanto a mulher. A maioria dos casamentos de 2018 ocorreram dentro faixa etária dos 20 aos 24 anos.

Os dados das Estatísticas do Registro Civil, 2018, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que do total de casamentos civis, 18 envolveram pessoas do mesmo sexo.

A capital, Rio Branco, registrou o maior número de uniões: 2074 ao longo de 2018. Em segundo lugar aparece Cruzeiro do Sul com 923 casamentos, e Tarauacá, com 460.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *