Conectado por

Cuiabá-MT

Candidatura de Galli em Cuiabá será definida a partir de pesquisa de intenção de votos


Compartilhe: Entre no nosso grupo do Whatsapp

Publicado por

em

Atualmente lotado em Brasília como assessor especial da Presidência da República, o ex-deputado Victório Galli (PSL), derrotado nas urnas no ano passado, afirmou que só irá concorrer a Prefeitura de Cuiabá no próximo ano se pesquisas prévias eleitorais confirmarem uma tendência a sua vitória. A informação também foi confirmada ao Olhar Direto pelo presidente do PSL em Mato Grosso, o deputado federal Nelson Barbudo.

De acordo com ambos, a candidatura só será definida se os resultados indicarem mais de 10% de intenção de votos no ex-parlamentar. “Meu nome está à disposição. Estou esperando essa avaliação da população. E eu deixo claro que não vou entrar numa disputa se não tiver ao menos dois digitos de intenção dos eleitores. Eu não sou politico barraqueiro, então não entro em disputa para fazer zoada, mas com projeto e proposta para Cuiabá”, esclareceu Galli.

Filiado ao PSL de Jair Bolsonaro desde o ano passado, o então deputado assumiu a presidência estadual da sigla e tentou ser reeleito, chegando a ser o sexto candidato mais votado, com 52,9 mil votos, mas não conseguiu a reeleição.

Além de perder o mandato, o ex-parlamentar também perdeu a presidência estadual do partido, que foi transferida para Nelson Barbudo, deputado federal mais votado no Estado.

“Victorio Galli é um homem de 50 mil votos, ninguém pode menosprezar a capacidade dele. Ele teve participação efetiva na minha eleição com os votos dele, meus e dos outros candidatos, que nós fizemos coeficiente pro PSL ter um deputado federal. Então, nós jamais vamos enxotar ou não deixar o Victorio Galli ser. Agora, ele precisa preencher os requisitos de estar bem pontuado na pesquisa, e ter o apoio de uma grande massa da sociedade, seja dos evangélicos, comerciantes, fazendeiros, enfim. Ele tem sim direito a concorrer e pleitear a candidatura a prefeito de Cuiabá”, afirmou Nelson Barbudo.

O atual presidente do PSL explicou, ainda, que em caso de resultado negativo da prévia eleitoral, o partido poderá compor com outra siglas, abrindo mão de ter candidatura própria na Capital.

“Está meio longe, ne?! O PSL tem vontade, eu já conversei com a Dra Selma Arruda, de nós termos candidatura própria aqui na Capital, em Várzea Grande. Não tem um nome definido ainda. Vários empresários têm me procurado, várias pessoas do agronegócio, e nós estamos em conversação, mas nada definido. Mas o PSL sob minha administração estará sempre aberto ao diálogo. Nada impede de lá na frente fazermos uma composição. Agora, se tiver um expoente, a pesquisa mostrando que ele [Galli] tem chance de ganhar, nós vamos lançar o nosso candidato, com certeza. Agora, tem muita água pra passar de baixo da ponte, falta quase um ano, nós estamos abertos a negociação, mas nós não recuamos assim por causa de qualquer candidatinho não”, ponderou.

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 3 =

Publicidade
Casas De Apostas Online

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento