Conectado por

Rondônia

“AABB Comunidade”, desenvolvido em parceria com a Semed, entrega kits escolares


Compartilhe:

Publicado por

em

Alunos mais concentrados em sala de aula, mais motivados, assiduidade e boas notas. Esses são alguns dos resultados encontrados entre os estudantes na escola Eli Bezerra, do Bairro Parque Amazônia, setor Leste da capital. Eles fazem parte do programa social AABB Comunidade, do Banco do Brasil. Cem crianças com idade entre 6 e 15 anos são atendidas com educação complementar, viabilizando acesso à cidadania através da valorização da cultura, da educação e da comunidade, fundamentado no Eca (Estatuto da Criança e do Adolescente).

Semed

Toda semana, durante dois dias, os alunos são deslocados até a Associação Atlética do Banco do Brasil, no quilômetro 8,5, na BR-364 para participar de atividades esportivas, de reforço, recreação e socialização. O programa tem evitado a evasão escolar e motivado as crianças. Elas recebem alimentação e transporte por parte da Semed, que disponibiliza ainda professores. Já o BB, além de uniformes, kits escolares e material esportivo, disponibiliza espaço para promover atividades esportivas como voleibol, futsal, basquete, natação e ainda recreação.

Kit escolar

Na manhã desta quinta-feira, 12, as crianças do programa receberam kits escolares doados pelo Banco do Brasil e participaram de uma festa para comemorar os aniversariantes do mês. A secretária municipal adjunta de Educação, Gláucia Negreiros, prestigiou o evento e falou da importância dessa parceria. “Temos aqui crianças em vulnerabilidade social, que poderiam estar no contraturno da escola na rua, sob o perigo de aliciamento para drogas e crimes, porém, essa ação abre um leque para que cada uma delas pense de forma diferente e busque uma vida melhor. Os dados mostram que estamos conseguindo obter avanços significativos com essas cem crianças. O nosso sonho é que pudéssemos atender todos os nossos estudantes”, disse ela.

O presidente da AABB, Aurélio Rosa, disse que hoje Porto Velho é um dos 120 municípios do país beneficiados. São mais de 300 mil crianças em todo o país atendidas pelo projeto. E a capital Porto Velho foi o único município em Rondônia que conseguiu trabalhar o programa. “E ficamos imensamente felizes em saber dos resultados. Inclusão social é isso. É levar cidadania àqueles que mais precisam”, comentou

A técnica da Semed, Adriana Marques, coordenadora do programa, destacou o esforço da secretaria em manter esse trabalho. “Nossa preocupação era a continuidade, pois víamos diferença na vida das crianças. Eles estão mais animados, tiram notas boas porque querem continuar no programa, por isso a nossa preocupação em manter as atividades”, disse ela acrescentando que a Semed renovou o termo de cooperação para até 2020. “Ficamos imensamente felizes com a renovação. Essas crianças estão tendo a chance de ver a vida de um ângulo diferente”, completou.

A diretora da escola Eli Bezerra, Josedith Guimarães, agradeceu à Semed e ao BB pelo projeto ter escolhido a unidade. “Nossas crianças vivem numa região muito carente. Quando que eles poderiam fazer aula de natação? De futsal, voleibol? Estar num parque aquático desfrutando de lazer, recreação, aprendendo mais? Por isso só temos a agradecer pela oportunidade”, afirmou.

Publicidade

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento