Conectado por

Elza Amorim Carvalho

Visão Enigma: Aécio Neves, honras a Pastores/manobras políticas, Jairzinho cantor – Pra Elza Amorim Carvalho

Publicado por

em

Na madrugada deste dia, 05 de junho de 2019, eu tive as seguintes visões,  porém, eram como enigmas.

Como as demais visões, eu ouvia vários fatos ao mesmo tempo, e cenas diversas. Uma  das cenas eu conseguir lembrar, pois achei muito impressionante.
Eu vi uma sala, e nesta sala estava uma mulher, eu tinha a impressão que ela era pastora, também, pois, ela exercia outro tipo de autoridade. (Tipo política ou advocacia).
Ela andava de um lado para o outro e falava.
Foi quando um homem abriu a porta, era um Senhor, eu tinha certeza que eu o conhecia,  mas não conseguir discernir quem era.
Ele estava de blazer azul, e os cabelos eram grisalhos, sua estatura era mediana, pele clara.
Ele era o pai da mulher,  e ele disse:  “Preciona o Aécio Neves minha filha, Preciona que ele entega”.
E falou outras coisas, que eu não entendi,  mas tinha algo que envolvia um Bispo.

Em outra visão, eu ouvia muita confusão, agitação, bajulação.
E eu ouvir uma voz masculina a falar: “As honras para pastores é para fazer às suas Igrejas voltar em seus candidatos… Eleições se aproximam”
(Era como se o povo Evangélico causasse preocupação, e começaram a fazer bajulações, jogada política)
( Isto estar evidente)

Depois eu vi algo:
Havia um homem sentado em frente a uma mesa, ele estava com um caderno de desenho e um lápis.
A frente dele havia uma fila de homens em pé.
O homem do desenho tinha que desenhar e acertar a profissão de cada um daqueles rapazes da fila.
Na fila também estava Jairzinho (filho do Jair Rodriguês) e a função dele era médico.
De repente, aquele moço do desenho estava em uma mesa de escritório,  e chegou um homem ali para lhe fazer ameaças, (eu entendi que os negócios do desenhista eram suspeitos)
E o rapaz que entrou, trouxe algo, parecia fotos ou fitas, era para ameaçar o desenhista, forçar o, a fazer o que ele queria, mas, era a mando de outra pessoa.
Foi quando eu vi que o rapaz que chegou, colocou algo para ver a imagem na TV.
Haviam pessoas a minha frente, eu não conseguia ver as imagens, mas, eu sabia que era uma mulher, ela estava grávida e era a esposa de alguém entre eles ali.
A mulher já estava sequestrada, refém.
Foi quando um outro homem que assistia a filmagem,  olhou para a fila dos rapazes das profissões e tentava dá sinal para o Jairzinho, para que ele saísse dali, pois iam atirar, e ele dava a pista: “Estados Unidos, Estados Unidos”.
Parei de ver.

Algo sucederá com o Aécio Neves,  e com o Jairzinho.

Mas, quando vier isto (eis que está para vir), então saberão que houve no meio deles um profeta.
Ezequiel 33:33

Pra Elza Amorim Carvalho
[email protected]