Conectado por

Mato Grosso

Propriedades rurais onde há uso irregular do fogo são fiscalizadas pelo Corpo de Bombeiros em MT


Compartilhe:

Publicado por

em

O Corpo de Bombeiros começou uma operação para fiscalizar as propriedades rurais onde há o uso irregular do fogo em Mato Grosso. A ‘Operação Abafa’ é realizada para evitar as queimadas no período proibitivo, já que o tempo seco e as altas temperaturas contribuem para focos de incêndios florestais e urbanos.

De acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), entre janeiro e junho deste ano, o número de focos de calor em mato grosso foi 23% maior do que no mesmo período do ano passado. Esse número indica a possibilidade de um período de seca com risco elevado para grandes incêndios.

Por isso, as ações para fiscalizar e combater as queimadas já começaram.

O batalhão de emergências ambientais faz o monitoramento das regiões e define os municípios que serão fiscalizados a partir da quantidade de focos de calor.

Com o intuito de contribuir para melhores estratégias de prevenção e combate a essas ocorrências, o Instituto Centro de Vida (ICV) faz um mapeamento das brigadas no estado. As brigadas podem ser municipais, estaduais, federais, comunitárias ou particulares.

De acordo com o instituto, 100 dos 141 municípios de Mato Grosso não possuem unidades permanentes de prevenção. Por isso, o analista em gestão ambiental Marcondes Coelho alerta para o investimento em brigadas comunitárias

“É preciso estabelecer formas de financiamento às brigadas comunitárias, que muitas vezes são as que menos recebem apoio institucional e de recursos para a permanência e são tão importantes quanto as outras brigadas já estruturadas pelo poder público ou as privadas”, disse.

G1

Publicidade
Governo de Rondônia
Betfair
ÓTICA DINIZ
Online Cassino


Desenvolvimento