Conectado por

Mato Grosso

Operação contra fraudes em contas bancárias cumpre mandados em MT


Compartilhe:

Publicado por

em

A Polícia Federal deflagrou, nesta terça-feira (2), em 13 estados, incluindo o Mato Grosso, a Operação “Não seja uma Laranja” e cumpre mandados de busca e apreensão contra um grupo suspeito de fraudar contas eletrônicas de bancos do país e movimentar R$ 18,1 milhões.

Em Mato Grosso, os ordens judiciciais estão sendo cumpridas em Cuiabá e Cáceres, a 220 km da capital, onde um homem foi preso em flagrante por tráfico de drogas. Ele tinha aproximadamente 3 kg de cocaína – 2 kg escondidos em um sofá e 1 kg dentro de uma caixa de descarga.

Drogas foram apreendidas em Cáceres (MT) — Foto: Cedida/Polícia Federal - MT

Drogas foram apreendidas em Cáceres (MT) — Foto: Cedida/Polícia Federal – MT

A PF atua também na Bahia, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Distrito Federal. Os crimes investigados são associação criminosa, furto qualificado mediante fraude, uso de documento falso e falsidade ideológica. As penas podem somar mais de 20 anos de prisão.

A operação é resultado da força-tareda “Tentáculos”, de combate a fraudes bancárias eletrônicas, e conta com apoio da Polícia Civil e instituições bancários, por meio da Federação Nacional dos Bancos (Febraban).

Conforme a PF, nos últimos anos, foi registrado aumento considerável da participação de pessoas físicas em crimes, recebendo dinheiro para “emprestar” as contas bancárias – no jargão policial, essas pessoas são conhecidas como “laranjas”.

Em Mato Grosso, mandados foram cumpridos em Cuiabá e Cáceres — Foto: Cedida/Polícia Federal-MT

Em Mato Grosso, mandados foram cumpridos em Cuiabá e Cáceres — Foto: Cedida/Polícia Federal-MT

G1

Publicidade
Governo de Rondônia
Betfair
ÓTICA DINIZ
Online Cassino


Desenvolvimento