Conectado por

Concursos

Em Cuiabá será feito contratações emergenciais de aptos em concurso


Compartilhe:

Publicado por

em

A Prefeitura de Cuiabá fará contratações emergenciais de candidatos que fizeram processo seletivo para substituir os mais de 700 servidores que foram exonerados da Secretaria Municipal de Saúde, segundo o procurador-geral adjunto Alisson Akerley.

Ainda conforme o procurador, as demissões estavam previstas dentro de um plano de ação apresentado para que a gestão municipal cumpra um acordo firmado com a Justiça e Ministério Público Estadual.

O Tribunal de Justiça havia determinado, em novembro do ano passado, que o Executivo não poderia fazer novas contratações temporárias sem justificativa na secretaria. Durante a Operação Capistrum, foi identificado que pessoas sem qualquer experiência nas áreas de Saúde eram contratadas.

Assim, a administração se comprometeu a regularizar as contratações e dois processos seletivos foram realizados. Porém, as vagas não foram totalmente preenchidas.

O MPE determinou, portanto, que os candidatos que não foram aprovados, mas estão na lista de classificação têm preferência no preenchimento das vagas temporárias, de acordo com a ordem de pontuação.

O procurador explicou, ainda, que um concurso público efetivo está em tramitação.

“Primeiramente, foi feita uma análise da demanda necessária no âmbito da Secretaria de Saúde. Depois de verificadas todas as necessidades, foram feitas adaptações e criação de cargos”, disse.

Agora, está na fase de regulamentação de cargas horárias, alterações de funções dentro do organograma e alterações em algumas leis. Todo o processo, segundo o procurador, é feito em parceria com a Câmara de Vereadores, que deve aprovar as mudanças.

A licitação para escolha da banca realizadora do concurso já foi feita e o edital está em fase de elaboração. O certame deve ser realizado ainda este ano.

G1

Publicidade
Governo de Rondônia
Betfair
ÓTICA DINIZ
Online Cassino


Desenvolvimento