Conectado por

Estudo

As mudanças na cera dos ouvidos a que deve estar atento


Compartilhe:

Publicado por

em

Os ouvidos são uma parte muito sensível do corpo que precisa de ser bem tratada – por exemplo, não deve usar cotonetes para os limpar – além disto, a cera que é produzida pode ser um indicador de saúde, por isso, é necessário estar atento às suas mudanças.

Primeiro é necessário realçar que a cera nos ouvidos não é nada prejudicial, muito pelo contrário, é uma parte vital no funcionamento dos ouvidos, o que significa que só deve mesmo ser limpa quando está em excesso.

O Huffpost – meio de comunicação online – consultou vários médicos e especialistas para esclarecer que mudanças na cera têm mais importância. Algumas variações na cor são normais e é importante saber que a cera saudável não é igual para todos. A cera normal pode variar entre tons de castanho claro e escura e ir até uma cor semelhante ao preto. Também pode ter muitas texturas e pode estar mais macia ou mole – nenhuma destas características é sinal de um problema.

Só deve ficar alarmado se a cera do ouvido começar a parecer pus ou se transformar num líquido amarelo ou verde – aspecto que pode ser sinal de infecção. Além disto, sempre que encontrar sangue no canal do ouvido ou na cera, é importante que vá ao médico para entender o que causou essa mudança.

Os especialistas também recomendam que sempre que sentir dor ou desconforto no ouvido deve marcar uma consulta com o seu médico, nestes casos a dor pode, ou não, estar associada a uma mudança na cera.

Se sentir que tem o ouvido “entupido” com cera também deve ir ao médico porque o mais provável é que a sensação não esteja a ser provocada pela cera. Pode tratar-se de um sinal de um problema grave – normalmente é um sintoma reportado por pessoas que perdem a audição devido a algum dano no nervo.

Noticias ao Minuto

Publicidade
Betfair
ÓTICA DINIZ
Online Cassino


Desenvolvimento