Conectado por
Governo de Rondônia

Elza Amorim Carvalho

Visões e traslado: Ricardo lewandowsk; trama no Congresso Nacional para destruir alguém; investigação e pessoas retiradas a força; secretaria e alvo suspeito

Publicado por

em


Continua após a publicidade

Na madrugada do dia 15 de junho de 2020, eu tive essas visões, assim como, eu também, fui trasladada em meu espírito e vi e ouvir fatos que estão acontecendo e que irão acontecer.

Eu ouvia muito tumulto, confusão e via coisas acontendo, mas era difícil para eu absorver o que se tratava. Lembro-me de ter ouvido o nome de Ricardo lewandowski por várias vezes.

Depois eu via algo acontendo no Congresso Nacional, havia muita discórdias, confusões, tensão e muitas articulações ruins.
Eu vi homens passando para lá, e para cá, era como se eles articulassem algo as escondidas, tudo era muito confuso.
E eu percebi que este grupo de homens tramavam algo contra alguém, eu via os homens, mas não conseguia identificá-los.
Eu os viam por paredes vidraças, eles entravam e saiam de várias salas onde tinha algo que eu não conseguia os ver.
E, um desses homens não concordava com que o grupo iria fazer, eu percebi quando ele se opôs, mas os outros falavam com ele.
E eu vi a pessoa (homem)  o qual era o alvo, chegar neste lugar, foi quando este que não concordou com a tramóia, tentou alertá-lo. Eu vi quando este pegou um documento, em forma de canudo, e escondido foi para a pessoa e disse:
“pega logo e saí daqui porque tramaram contra a tua vida”.
Eles falaram outras coisas, e eu vi a pessoa que havia chegado muito preocupado com o outro, porque ele sabia que o grupo ia se voltar contra o homem que o ajudou e iria armar para ele e depois acusá-lo.
Neste instante eu via as imagens de Gilmar Mendes, Días Toffoli, Rodrigo Maia, Alexandre de Moras, e vi outras, mas eu não conseguir anotar, e esquecir.
E eu ouvir novamente o nome de Ricardo lewandowski.
E vi também, a imagem do Juiz Celso de Melo, mas de forma diferente das demais.

(Algo seríssimo está acontecendo lá em Brasília, fiquemos atentos, o que for, será sabido)

Depois, eu ouvia muita tensão também, investigação, confusão, muita mutreta.
E eu ouvir um homem dizer assim para outro:
“Bota a câmera embutida, e fala com os homens até tirar toda a informação do que você quer saber”
Neste instante eu vi uma rua comercial, eu vi uma loja grande, e vi ao lado desta, outra loja, parecia ser uma farmácia, a frente era de portas de vidros, e, haviam pelo meio deste estabelecimento fileiras de produtos.
E eu vi, eu não sei se era uma pessoa só sendo retirada, porque eu vi umas seis ou oito pessoas arrastando alguém a força de dentro deste estabelecimento.
Eu tive a impressão que essas pessoas estavam de uniformes brancos, similar estes da pandemia.
Minha mente voltou

Depois eu ouvia muita confusão, algo camuflado, investigação, e eu me vi em um lugar que parecia ser uma Secretária de Governo, uma Assembleia Legislativa ou um Foro, algo neste patamar.
Estava tudo deserto por dentro, as luzes estavam apagadas. Eu vi um extenso corredor com muitas salas fechadas em ambos os lados. Lá bem na frente eu vi um clarão, parecia ser a recepção da entrada, e eu vi que depois daquele clarão havia uma porta mais larga do que as outras, seria a sala de alguém cuja a posição é maior do que dos demais, ou uma sala de reunião.
Foi quando eu me vi dizer:
“Eu não sei aonde eu estou, estou perdida, que lugar é este aqui?”
Minha mente voltou.
(Algo muito suspeito está no ar, e será revelado)

Mas, quando vier isto (eis que está para vir), então saberão que houve no meio deles um profeta.
Ezequiel 33:33

Pra Elza Amorim Carvalho
[email protected]
# redes sociais