Conectado por

Artigos & Colunas

Visões e Traslado: mundial de prêmios; Sul separado do Brasil, alaranjado fosco; eleições Americanas; fato construção, armazém antigo; juíza e caso réu, lutador – Pra. Elza Amorim Carvalho

Publicado por

em

Era aproximadamente as 14:00horas do dia 18 de dezembro de 2020, quando eu fui arrebatada em meu espírito e vi e ouvir o que segue:
Eu ouvia muitas falas, comentários, mas eu só conseguir guardar isto;
“Torneio… Mundial de Prêmios”
(Algo sobre isto saber-se-á)
Depois eu vi o mapa do Brasil, e vi uma mão puxar a ponta do Sul e desencaixou como peça de quebra-cabeça, a cor da peça tirada era na cor mostarda, alaranjada fosca, algo assim.
(Algo muito sério vai acontecer, parece que o Sul vai se desprender do Brasil)
(Eu demorei de anotar essa visão, aí eu fiquei com dúvida se foi no Sul ou foi a ponta aonde fica o Amazonas, penso que foi o Sul mesmo, lado mais estreito)
Depois eu ouvia e via algo, eu não conseguia entender, mas havia uma mulher, a imagem não era nítida para mim, ela vestia azul claro, ela estava sentada atrás de uma mesa, parecia uma reunião, foi quando ela me olhou e me disse:
“As mulheres e Tramp ganharam”
Eu me assustei minha mente voltou.
(Isto tem haver com as eleições Americanas, saberemos)
Na madrugada do dia 19 de dezembro de 2020, eu tive essas visões:
Eu vi uma construção, a parede era de tijolinhos, a pintura parecia verniz, a entrada era grande e larga, no contorno da entrada o tijolinho estava invertido, deitado, e um pouco mais saliente em toda a abobada, o formato das janelas eram assim também. Parecia estações antigas, grandes armazéns, lugares assim, desenho antigo, mas bem cuidado.
E algo aconteceu, e eu não conseguir entender.
Minha mente voltou
(Saberemos do que se trata)
Depois eu via uma Juíza, estava sentada atrás de uma comprida mesa, ela conversava com um homem que estava no outro da mesa, sentado, ela dava uns documentos para ele assinar.
Então este homem perguntou algo a juíza, foi quando ela olhou o nome de alguém no papel e se lembrou quem era a pessoa.
Foi quando o homem que estava assinando perguntou: conhece?
Ela respondeu:
“Sim, sim, ele é conhecido de São Paulo, lutador, adestrador, criador da estrada Rui Barbosa…Colocaram nesta política”
(Ela se referia a alguém que estava sendo processado por causa de algo que havia cometido, mas parecia que ele não era má, errado seria que o envolveu nesta política, porque algo tinha lhe acontecido) Saberemos quem é.
Mas, quando vier isto (eis que está para vir), então saberão que houve no meio deles um profeta. Ezequiel 33:33
Pra. Elza Amorim Carvalho
# redes sociais