Conectado por

Elza Amorim Carvalho

VISÃO: desmoronamento/ descida de barranco, perseguição a Igreja


Compartilhe:

Publicado por

em

Na madrugada deste dia, 20 de março de 2019, eu tive às seguintes visões: 
Eu me vi falando da palavra de Deus, e eu chamava atenção para as coisas que estavam acontecendo e que mostra a volta de Cristo. 
E eu ficava preocupada porque ninguém estava atentando para isso:
Foi quando eu me vi gritando: 
DESPERTA IGREJA, DESPERTA IGREJA! 
Enquanto eu dizia estas palavras eu vi, não sei se era despenhadeiro, uma encosta, um penhasco. 
Eu sei que era tipo um barranco, mas muito alto, haviam casas e árvores dos lados.
Neste lugar ladeirado, alto, descia tantas águas e com lamas, era assustador. 
Um terrível desmoronamento,  as águas com lamas desciam  destruindo tudo, pareciam embolar.
Minha mente voltou.

Depois eu vi muitos jovens, muitos.
Alguns daqueles jovens eram Crentes, e eles faziam uma peça de teatro.
Eles apresentavam com tanta perfeição que parecia que os personagens eram eles.
Eles estavam mostrando o que o preconceito e o comunismo provocavam nas pessoas, como elas tornavam-se hostis.

Eles mostravam uma tão forte realidade, que foi confundidos,  algumas pessoas pensaram que eram eles que estavam fazendo àquilo. 
Aqueles jovens diziam:  Seguidores Intasticos, Insolentes de um Alemão.

Foi quando outras pessoas pegaram canos de tubulação e queimavam no fogo para bater nos jovens,  pegaram vassouras,  varas e começaram a acusar os jovens de comunistas, e toda a população saiam revoltava perseguindo todos os Crentes, e eu só via um corre-corre muito grande, agonia. 
Eu me assustei

PREPARE-SE, O FIM CHEGOU!

E disse: Ouvi agora as minhas palavras; se entre vós houver profeta, eu, o Senhor, em visão a ele me farei conhecer, ou em sonhos falarei com ele. Números 12:06

Pra Elza Amorim Carvalho 
[email protected]

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *