Conectado por

Rondônia

Veja quem são as vítimas de avião que sumiu há um mês em voo de Rondônia para o Ceará


Compartilhe: Entre no nosso grupo do Whatsapp

Publicado por

em

Joerli Silvares Teixeira, de 34 anos, e Haiub Cordeiro Júnior, 38, são as duas únicas pessoas que estavam no avião desaparecido há um mês, após decolar de Espigão D’Oeste (RO) com destino a Fortaleza (CE).

Joerli é morador de Espigão. Já Júnior, piloto da aeronave, reside em Fortaleza. Desde de que saíram de Rondônia, as famílias não tiveram mais notícias deles e acreditam que o avião tenha caído.

A Força Aérea Brasileira (FAB), chegou a fazer buscas pelo avião em uma mata fechada, mas o órgão encerrou as buscas nesta semana após cumprir todos os padrões de resgate, dentro dos protocolos internacionais. A área sobrevoada pelos militares soma 8.887 km², equivalente a cerca de 1 milhão de campos de futebol.

Veja abaixo quem são os desaparecidos:

– Joerli Silvares Teixeira

Esposa diz que filhos perguntam porJoerli  — Foto: Arquivo Pessoal

Esposa diz que filhos perguntam porJoerli — Foto: Arquivo Pessoal

Joerli é morador de Espigão D’Oeste e há 12 anos está casado com a acadêmica de educação física Keilla Cassiano da Silva. O casal tem duas filhas, sendo Jady Emanuelley de 2 anos e Iris Stefany, de 10. Após o desaparecimento do pai, as crianças entraram em uma tristeza ‘profunda’ e sempre questionam a mãe sobre quando o pai voltará.

“Minha filha pequena chama o pai todos os dias. A mais velha é bem reservada, mas sinto que está sofrendo muito, pois é bem apegada ao pai”, conta.

Joerli trabalha com a compra e venda de veículos e, recentemente, havia adquirido uma propriedade na área rural, para onde pretendia se mudar com a família e assim trabalhar na criação de gado.

“Dia 22 de junho completamos 13 anos de casados. Tínhamos muitos planos juntos, um deles era criar gado em uma propriedade e construir a casa onde moraríamos. Eu faço faculdade de educação física, termino esse ano, e a ideia era passar em um concurso, trabalhar em uma escola e com o tempo abrir uma academia. Esses eram os nossos sonhos de futuro”, lembra Keila.

Depois do sumiço do marido, Keila não conseguiu desenvolver as atividades rotineiras.

“Eu estava afastada da faculdade, minhas filhas estavam com minha mãe e amais velha não estava indo para a escola. Há uma semana voltei a assistir aulas, está muito difícil manter a concentração, mas como concluo o curso em agosto eu não posso desistir, minhas filhas estão comigo em casa. A Iris voltou a estudar, então vou levando a vida, mas não está fácil”, confessou.

– Haiub Cordeiro Júnior

Júnior era o piloto do avião que saiu de Espigão; ele morava em Fortaleza — Foto: Arquivo Pessoal

Júnior era o piloto do avião que saiu de Espigão; ele morava em Fortaleza — Foto: Arquivo Pessoal

Aos 38 anos, Haibu era o piloto do avião. Ele é morador de Fortaleza (CE) e dividia residência com a irmã mais velha, Marcicleide de Souza, e com a filha, Beatriz Pinho, de 11 anos. Além da garota, Júnior também é pai do pequeno Bernardo Sales, de um ano e 11 meses.

“A Beatriz está sentindo muita falta do pai. Eles são muito ligados, grandes amigos, já o Bernardo é um bebê ainda. Ele pergunta pelo pai, mas não entende muito bem o que está acontecendo”, disse Marci.

Apesar de trabalhar com a venda e aluguel de automóveis, Júnior nutre uma paixão pela aviação, tanto que há cerca de dois anos se especializou, fazendo um curso de piloto.

Ele ficou em Rondônia aproximadamente 20 dias. Segundo a irmã, ele havia ido até Espigão para resolver problemas particulares.

“O avião não era dele, ele foi para Rondônia para resolver umas questões pessoais e quando sumiu estava retornando para casa. Estamos sofrendo muito com tudo isso, ele tinha planos, estava cheio de sonhos. Era um rapaz muito alegre e bem-visto por todos, por onde passava deixava boas lembranças e amizades”, lamentou a irmã.

Avião de pequeno porte sumiu no dia 28 de abril, segundo a família de um dos desaparecidos.  — Foto: Reprodução/Arquivo pessoal

Avião de pequeno porte sumiu no dia 28 de abril, segundo a família de um dos desaparecidos. — Foto: Reprodução/Arquivo pessoal

O que se sabe sobre o sumiço do avião:

  • A aeronave de pequeno porte decolou de Espigão D’Oeste em 28 de abril, às 8h, com destino a Fortaleza.
  • Haiub Cordeiro Junior era o piloto do avião; com ele também viajava Joerli Silvares, de 34 anos.
  • A família diz que o piloto pretendia abastecer o avião em Redenção, no Pará. O último contato com os parentes foi ao meio-dia de 28 de abril.
  • Ao notarem a falta de contato de Joerli, os parentes fizeram buscas por conta própria, quando alugaram um avião e sobrevoaram a região de Peixoto de Azevedo, no Mato Grosso (MT).
  • Sem sucesso nas buscas, a família acionou a Força Aérea Brasileira (FAB) sobre o sumiço do avião.
  • Há duas semanas as buscas foram suspensas temporariamente devido a um problema na aeronave da FAB.
  • Na última semana as buscas pelo avião retornaram e ficaram concentradas na divisa do Pará e Mato Grosso.
  • Sem encontrar pistas do avião, a FAB encerrou as buscas em 28 de maio.
Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte − dezoito =

Publicidade
Casas De Apostas Online

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento