Conectado por

Porto Velho

Veículos são entregues para fortalecer ações pedagógicas em Porto Velho


Compartilhe:

Publicado por

em

A Prefeitura de Porto Velho entregou, terça-feira (30), sete novos veículos para a Secretaria Municipal de Educação(Semed), com investimento acima de R$ 759 mil.

Os veículos foram adquiridos com recursos da educação e serão empregados no apoio das atividades administrativas e pedagógicas da rede municipal de ensino.

Foram entregues quatro camionetes, tipo pick-up, cabine dupla, e três veículos de passeio.

O vice-prefeito de Porto Velho, Maurício Carvalho, no ato da entrega, reforçou o compromisso da Prefeitura com a educação. “Vivemos momentos de dificuldades para a educação em todo o Brasil. Entregar estes veículos significa dar apoio para as nossas escolas. É dar atenção ainda maior para nossas crianças. A educação é prioridade”.

A rede municipal de ensino tem 141 escolas, divididas entre zona rural e urbana, e conta com 45 mil alunos matriculados.

A secretária Gláucia Negreiros explicou que os veículos serão importantes para atender as escolas mais distantes. Algumas ficam a quase 350 quilômetros de distância.

Segundo ela, o investimento feito pela Prefeitura vai agregar mais qualidade nos serviços da Semed, com destaque para o combate à evasão escolar. “Vamos potencializar o acompanhamento pedagógico nas escolas rurais neste momento, quando é necessário um assessoramento mais próximo da equipe gestora, da equipe pedagógica e dos nossos alunos”, afirmou a secretária.

Além de ampliar os esforços no combate à evasão escolar, conforme Gláucia Medeiros, será reforçado o suporte na manutenção das escolas e nas questões administrativas, principalmente nas unidades rurais, que estão mais afastadas.

A Prefeitura também entregou uma camionete ao Conselho de Acompanhamento e Controle Social do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb).

“Este veículo vai nos ajudar a acompanhar a aplicação dos recursos, as obras que são realizadas com recursos federais, a compra de materiais e o transporte escolar”, disse Leila Castro de Moraes, presidente do conselho.

 

Prefeitura de Porto Velho