Conectado por

Nacional

Varian assina acordo de cooperação de treinamento e ensino com Ministério da Saúde do Brasil e Instituições de Ciência e Tecnologia

Publicado por

em

Continua após a publicidade

BRASÍLIA, Brasil e PALO ALTO, California, 17 de maio de 2018 – /PRNewswire/ –A Varian (NYSE: VAR) anunciou hoje que assinou um acordo de cooperação de ensino e treinamento em tecnologia de software com o Ministério da Saúde (MS) do Brasil e sete Instituições de Ciência e Tecnologia no Brasil. Este acordo faz parte do compromisso da Varian de firmar parcerias com o Ministério da Saúde para ampliar o acesso e a qualidade do tratamento de radioterapia no combate ao câncer no Brasil e na América Latina.

As Instituições de Ciência e Tecnologia participantes foram selecionadas de um grupo de candidatas que responderam à solicitação de inscrições do Ministério da Saúde e passaram por um processo de seleção realizado pela Varian. Além das entrevistas com as Instituições candidatas, os critérios de seleção incluíram histórico de projetos bem-sucedidos, expertise em gestão de projetos e experiência dos membros da equipe designada. As seguintes Instituições foram selecionadas para participar deste programa de ensino e treinamento em tecnologia de software: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Instituto Nacional de Telecomunicações (INATEL), Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI), Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Universid ade Estadual de Campinas (UNICAMP) e Instituto de Pesquisas Eldorado. Os pesquisadores dessas Instituições iniciaram as sessões de treinamento em abril de 2018, com as equipes de engenharia global da Varian na Suíça e na Finlândia. O próximo treinamento ocorrerá em junho de 2018 nos EUA.

“Nosso objetivo nessa parceria com as Instituições de Ciência e Tecnologia no Brasil é expandir o conhecimento em software e tecnologia de radioterapia”, afirmou Humberto Izidoro, diretor-gerente da Varian Medical Systems no Brasil. “Juntos, temos a oportunidade de ampliar o acesso ao tratamento avançado em câncer no Brasil.”

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *