Conectado por

Geral

Vans escolares que não passaram por vistorias podem ser apreendidas


Compartilhe:

Publicado por

em

Proprietários de vans que atuam no transporte particular de estudantes em Porto Velho que ainda não fizeram a vistoria obrigatória dos veículos na data determinada (mês de julho) devem comparecer à Secretaria Municipal de Trânsito, Transporte e Mobilidade (Semtran) para regularizar a situação. O alerta é do secretário da pasta, Carlos Henrique da Costa.

Os donos desses veículos estão sendo notificados pelos fiscais da Semtran. Aqueles que não se regularizarem terão as vans recolhidas até que a situação seja resolvida. Além disso, estão sujeitos ao pagamento de multas.

Conforme o Código Brasileiro de Trânsito (CBT), essas vans são obrigadas a passar por duas vistorias ao ano, sendo uma em janeiro e outra em julho. “O proprietário que não cumpriu esse procedimento está irregular e poderá ter o veículo apreendido”, explica o secretário. Ele acrescenta que nessa vistoria é verificado se o documento do carro está em dia e também as condições do automóvel.

Costa informa ainda que atualmente existem 35 veículos cadastrados na Semtran para esse tipo de atividade.