Conectado por

Municípios

Vacinação contra a Covid-19: Pará recebe mais 157.950 mil doses


Compartilhe:

Publicado por

em

O Pará recebeu neste sábado (25) mais 157.950 mil doses de imunizante contra a Covid-19. Segundo a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), as vacinas da Pfizer devem ser usadas para doses de reforço em idosos acima de 70 anos e também para primeira dose de adolescentes.

As equipes do estado trabalham, agora, na logística de entrega para que os imunizantes cheguem aos 144 municípios paraenses em cerca de 48 horas, por avião, barcos e também por via terrestre.

Esta é a 89ª remessa e chegou no aeroporto de Belém na madrugada. Na tarde de sexta (24), outra remessa com doses da Astrazeneca também chegaram ao estado .

O estado recebeu ao todo 10.530.420 doses de doses de vacinas contra o coronavírus, sendo 3.567.990 da CoronaVac/Sinovac; 3.931.800 da Oxford/AstraZeneca; 2.892.180 da Pfizer e 138.450 da Janssen.

Vacinação no Pará

Até este sábado (25), 4,3 milhões de pessoas receberam a primeira dose no Pará, sendo que 2,7 milhões delas receberam também a segunda dose.

Foram 9,4 milhões distribuídas às cidades e pouco mais de 7 milhões aplicadas. A Secretaria informou que acompanha o trabalho junto às municípios para que a vacina chegue às pessoas que ainda não se imunizaram, mesmo já tendo a oportunidade.

“Já ultrapassamos as dez milhões de doses recebidas e estamos nos esforçando para que os municípios cumpram o Plano Paraense de Vacinação, disponibilizando as doses imediatamente aos grupos pré-definidos em cada local”, informou por meio da assessoria o secretário de Saúde estadual, Rômulo Rodovalho.

Pará recebeu 10 milhões de doses e aplicou 7 milhões; segundo Sespa, há cerca de 2 milhões de faltosos   — Foto: Rodrigo Pinheiro/Agência Pará

Pará recebeu 10 milhões de doses e aplicou 7 milhões; segundo Sespa, há cerca de 2 milhões de faltosos — Foto: Rodrigo Pinheiro/Agência Pará

Segundo último boletim divulgado pela Sespa, na noite de sexta-feira (24), o estado contabiliza 589.962 casos desde o início da pandemia, com 16.635 mortes pela doença.

G1.globo.com

Publicidade

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento