Conectado por

Rondônia

UTI do João Paulo II é selecionada para programa da Associação de Medicina Intensiva Brasileira


Compartilhe:

Publicado por

em

A Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Pronto Socorro João Paulo II foi selecionada para fazer parte do projeto desenvolvido pela Associação de Medicina Intensiva Brasileira (Amib). O objetivo é melhorar os índices de qualidade de uma UTI pública, por meio de assessoria gerencial, treinamento e aprimoramento técnico da equipe.

A médica intensivista do JPII, Tathyane Borba, foi quem inscreveu a unidade. “Esse projeto vai nos trazer muitas melhorias, somos uma UTI de qualidade, mas queremos excelência, com essa capacitação”, disse a médica.

O projeto pretende mostrar que a implementação das estratégias sistematizadas tem um grande impacto nos indicadores e na eficiência da UTI, apoiando a unidade nesse processo com orientações sobre gerenciamento e capacitação profissional.

Secretário de Saúde, Fernando Máximo, recebeu em seu gabinete a equipe da AMIB

Após três meses de inscrições, mediante a análise de vários indicadores, o Hospital João Paulo II vai receber os profissionais da Amib que atuarão em conjunto com a equipe da unidade de terapia intensiva, a fim de melhorar os seus resultados nos próximos 12 meses. “Será um desafio, estamos bastante motivados com esse projeto que pode ter um grande impacto local”, afirmou o presidente da AMIB Ciro Leite Mendes.

Os membros da Associação de Medicina Intensiva Brasileira (AMIB) estiveram reunidos com médicos intensivistas do Pronto Socorro João Paulo II, e também com o secretário de saúde Fernando Máximo. “Fiquei muito feliz  com a escolha, podem contar com o apoio da Sesau no que for preciso. Sabemos dos problemas enfrentados na unidade, e que estamos trabalhando para melhorar, inclusive novos equipamentos estão sendo adquiridos para a UTI do João Paulo  II ”, afirmou.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *