Conectado por

Religião

Um mundo de assassinos


Compartilhe:

Publicado por

em

Não matarás.

Êxodo 20:13

O assassinato é punido pelo judiciário em todos os países, de acordo com o mandamento de Deus: “Não matarás”. E agem bem ao proceder assim.

Ainda assim, a televisão, os filmes e a internet tratam o assassinato como se o mesmo fosse um artigo à venda. Todos os que cresceram acostumados com isso, deveriam se perguntar o que tem maior valor: o sensacionalismo ou o mandamento de Deus; a tensão e o excitamento ou o padrão de Deus?

As pessoas logo apresentam um argumento contrário: “Tais assassinatos não são verdadeiros”. Será mesmo? Existem inúmeros exemplos chocantes de crimes que foram executados exatamente como foram mostrados em vídeo. Além disso, temos outra consideração: é possível alguém assistir ou ouvir coisas perversas com impunidade? Será mesmo que não existe interação entre ver e sentir, ou entre a aparência externa de uma pessoa e o que vai em seu coração?

O Senhor Jesus Cristo, o Filho de Deus, fez uma observação digna de nota: “A candeia do corpo são os olhos”, cujo significado é que nossa mente é influenciada pelo que vemos. “Se, porém, os teus olhos forem maus, todo o teu corpo será tenebroso” (Mateus 6:22-23). Aquele que assiste constantemente cenas perversas, com o tempo, será inevitavelmente influenciado pela corrupção moral e tentado a dar livre curso à sua ira, mesmo que seja em pensamentos ou palavras.

Quando a Bíblia diz, “Não matarás”, devemos nos lembrar que Deus inclui como pecado em Seu julgamento até mesmo os estágios iniciais, como pensamentos maus a respeito de outras pessoas ou palavrões proferidos em fúria e lançados sobre elas.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *