Conectado por

Educação

Três alunas embarcam para a Tailândia para representar MT em olimpíada de matemática

Publicado por

em

Três alunas da Escola Estadual Dunga Rodrigues, de Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, embarcaram nessa quarta-feira (5) ruma a Bangcoc, na Tailândia. De 7 a 11 de fevereiro, as estudantes Marina Alves Pires, Vanessa Santana e Gabrieli Oliveira dos Santos, acompanhadas pela professora Rúbia Coelho, vão participar da Olimpíada Internacional de Matemática (ITMC).

Após a criação de uma “vaquinha online” criada pela professora Rúbia Coelho, o governo estadual decidiu custear as passagens, cerca de R$ 7 mil por pessoa, o valor das inscrições, R$ 4 mil por pessoa, e hospedagem, além de ajudar na alimentação.

Durante o embarque, no Aeroporto Internacional Marechal Rondon, em Várzea Grande, familiares e professores das estudantes desejaram boa sorte. A expectativa delas é trazer alguma medalha para o Brasil.

Marina, que cursa o 8º ano, diz que essa é sua primeira viagem internacional representando o país. “Esperamos, eu e minhas colegas, trazermos medalhas. A gente se preparou e vamos nos esforçar o máximo”, assinala. Marina pretende seguir na área de ciências exatas, cursando engenharia ou ciências contábeis.

Gabrieli, reforça as palavras da colega. “Essa é uma oportunidade de mostrar que nós também conhecemos matemática”, assegura.

Vanessa também acredita que poderá trazer medalhas. “A gente se preparou muito bem para essa olimpíada”, frisa.

Focadas

A professora de matemática Rúbia Coelho explica que as provas são em inglês. Por isso, as alunas estudaram matemática e também inglês para poder chegar bem na disputa. Rúbia explica que, com os ânimos controlados, as meninas estão focadas nas provas.

“Levar nossas alunas a esse patamar de competição é um sonho, pois são anos de estudos. A experiência delas será muito grande e servirá de motivação para os demais colegas, com certeza”, ressalta.

A professora adianta que a experiência que ela trará do evento poderá ser compartilhada com os demais professores da Rede Estadual de Ensino.

As participantes da olimpíada fizeram conexão em São Paulo e Dubai antes de desembarcarem na capital tailandesa.

FONTE: G1