Conectado por

Saúde

Tratamentos para depressão: saiba quais são os principais


Compartilhe: Entre no nosso grupo do Whatsapp

Publicado por

em

Saber como tratar a depressão é um cuidado primordial para pessoas que foram diagnosticadas com esse problema. Na lista de doenças que afetam a saúde mental, essa é uma das que mais atinge os brasileiros.

Dados do IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, divulgado no portal R7, revelaram que subiu para 34,2% o percentual de pessoas que tiveram a confirmação desse diagnóstico por profissionais da área.

A PNS, Pesquisa Nacional de Saúde, de 2019, apontou que mais de 16 milhões de brasileiros, acima dos 18 anos, enfrentam essa patologia.

É muito importante deixar claro que a depressão afeta drasticamente a qualidade de vida do paciente, o seu comportamento, modo de ver o mundo e relacionamentos.

Essa doença também está associada à baixa da imunidade, condição que potencializa o desenvolvimento de problemas infecciosos e inflamatórios. Além disso, é uma das principais causas de pensamentos e atos suicidas.

Será que esse transtorno tem cura? Quais são os seus principais sintomas? O que desencadeia? Como tratar a depressão? Continue a leitura e confira essas e outras respostas sobre o tema.

O que é a depressão?

Mas para falarmos sobre como tratar a depressão é fundamental, primeiro, explicarmos melhor sobre essa patologia, concorda?

depressão é considerada um transtorno afetivo que tem como principal característica uma sensação de intensa tristeza.

Esse sentimento, na maioria dos casos, vem associado a comportamentos e pensamentos pessimistas, baixa auto-estima, perda ou diminuição do prazer e do interesse pela vida, entre outros similares, muitas vezes sem uma causa externa evidente aos olhos dos outros.

Porém, é essencial deixar claro que, nem sempre, indivíduos com esse diagnóstico se apresentam tristes o tempo todo.  É bastante comum que pessoas depressivas fiquem externamente bem e seguindo, dentro do possível, com a sua rotina. No entanto, internamente, estão sofrendo com todas essas sensações.

Principais causas da depressão

Existem alguns fatores que podem desencadear a depressão. Entre os principais estão:

genética: pessoas que têm histórico familiar de depressão tendem a estarem mais propensas a desenvolver a doença;

bioquímica cerebral: causada pela deficiência nos neurotransmissores serotonina, dopamina e noradrenalina;

fatores externos: tais como estresse e ansiedade crônicos, traumas físicos ou psicológicos, acidentes, perda de pessoas queridas, etc;

outras doenças: a exemplo de outros transtornos psiquiátricos, câncer, doenças cardiovasculares, entre outras.

Sintomas mais comuns

Dos sintomas mais comuns e recorrentes da depressão temos:

humor depressivo (sensação de profunda tristeza, sentimento de culpa, desvalorização);

ansiedade exacerbada;

baixa autoestima;

distúrbios do sono;

apatia;

falta de interesse em atividades que antes eram prazerosas;

pensamentos pessimistas;

pensamentos de morte;

irritabilidade;

angústia;

dificuldade de concentração;

comportamentos compulsivos.

Diagnóstico

O diagnóstico da depressão é feito por um profissional da área de saúde, a exemplo do psicólogo ou psiquiatra, por meio de exame clínico e da análise das queixas apresentadas pelo paciente e/ou familiares.

Meios de prevenir o seu desenvolvimento

Ainda que as causas da depressão sejam variadas, e muitas além do nosso controle, há algumas boas práticas que podem ser adotadas para evitar o surgimento dessa patologia.

Em geral, todas estão relacionadas a adquirir bons hábitos de vida e de saúde, tais como:

manter uma alimentação saudável, especialmente consumindo alimentos que ajudam na fabricação de serotonina, tais como banana, cacau, ovos,etc;praticar exercícios físicos regularmente;

evitar consumir álcool em excesso;

não usar drogas ilícitas;

diminuir o consumo de cafeína;

buscar ter boas noites de sono;

ter momentos de lazer com atividades prazerosas.

Como tratar a depressão?

Agora que tudo isso ficou mais claro, é hora de falarmos sobre como tratar a depressão. Prescrito por um profissional da área de saúde mental, no geral, o tratamento da depressão é feito com a combinação de medicamentos e terapia. Por esse motivo, a pessoa com esse diagnóstico precisa ser acompanhada por um psiquiatra e por um psicólogo.

A principal proposta dos medicamentos é ajudar a regular as funções químicas cerebrais e, com isso, reorganizar os neurotransmissores. Já a terapia é essencial para que o paciente consiga identificar as causas emocionais e identificar quais problemas levaram ao desenvolvimento da doença. Dessa forma, ele tem a chance de encontrar respostas e de aprender a lidar com essas situações.

Saber como tratar a depressão é a única maneira de conseguir sair desse quadro e evitar novas crises. Quanto a isso, vale destacar que não há um prazo predeterminado de quanto tempo o tratamento dura, pois tudo depende da evolução de cada pessoa. Porém, nesse trajeto, é bem importante contar com suporte de bons profissionais.

Semprebem.paguemenos.com.br

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!
Publicidade
Casas De Apostas Online

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento