Conectado por

Rondônia

Trabalho do TCE no Programa Boas Contas ajuda reeducandos a terem bom desempenho em redação no Enem

Publicado por

em

Mostrando eficiência na produção textual, reeducandos que participam do Programa Boas Contas, iniciativa do Tribunal de Contas de Rondônia (TCE-RO) em conjunto com a Secretaria de Estado da Justiça (Sejus), obtiveram bom desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), cujas provas, realizadas em 2019, tiveram seus resultados divulgados recentemente.

Continua após a publicidade

No total, mais de 20 reeducandos que participam das oficinas de redação do projeto Produção de Resenha do Boas Contas conseguiram bom desempenho, com ênfase para as notas de redação, que superaram, em sua maioria, os 500 pontos, com alguns chegando a mais de 700 e, pelo menos um, superando os 800 pontos (marca considerada excelente dentro do exame nacional).

Embora, primordialmente, tenha como objetivo desenvolver textos de resenha como forma de remição de pena, o resultado obtido nas oficinas de redação demonstra a contribuição do TCE e da Sejus, por meio do Programa Boas Contas, no sentido de melhorar a capacidade dos reeducandos no que tange à redação, um dos requisitos fundamentais para o ingresso na universidade ou para aprovação no Enem.

Em relação à edição 2019/2020 do exame nacional, obtiveram bom desempenho reeducandos da Penitenciária Estadual Aruana, do Centro de Ressocialização Sueli Maria Mendonça (feminino) e do Centro de Ressocialização Vale do Guaporé, todos atendidos no projeto oficina de resenha do Boas Contas.

No caso do presídio feminino, destaca-se ainda que duas reeducandas – aprovadas em exames realizados anteriormente – já estão cursando normalmente graduação em nível superior.

 

REMIÇÃO DE PENA

 

Desenvolvido desde 2017, o Programa Boas Contas visa à reinserção social de reeducandos egressos do sistema prisional. O projeto Oficina de Redação, uma das ações do programa, busca capacitar os apenados para a produção de texto escrito. A cada resenha de livro aprovada, o reeducando diminui quatro dias de sua pena.

As oficinas de redação ocorrem uma vez por semana em quatro unidades prisionais, no horário das 14 às 16 horas, sendo ministradas por servidores do Tribunal de Contas.

Fonte: Assessoria