Conectado por
Governo de Rondônia

Elza Amorim Carvalho

Temores e Tremores

Publicado por

em


Continua após a publicidade

Quando assumimos a fé como um ato decisivo para a nossa vida, temos que tomar cuidado para que a nossa vida não fiquei condicionada a religiosidade. 
A fé é bem diferente de religião,  religião são dogmas e imposições oriundas de homens. 
A fé não,  ela é uma ponte de alto sustentamento que nos liga a Deus. 
Portanto, a nossa vida tem que ser regida pelo o que cremos e não pelo o que vemos.

A fé nos leva a receber o grande mistério da salvação de Deus para com a humanidade. 
Ela nos condiciona a absorver o grande ato de amor de um grande Deus,  por seres tão frágeis, que são os homens.
Se não houver fé em nós, seremos limitados ao visível,  anulando assim,  o conhecer das grandezas profundas de Deus.
Sem fé ninguém verá a Deus.

A fé, ela nos faz ir aonde os nossos pés não conseguem pisar.
Ela nos faz tocar onde as nossas mãos não alcançam. 
Nos faz ver o que os nossos olhos não enxergam.
E nos faz ter o que para muitos não existe.
A fé é assim: ela nos faz voar alto, atravessar o sobrenatural,  sem o nosso corpo sai do lugar .

Quando colocamos a fé como ponto de partida para nossa vida, o temor a Deus tem que ser o fundamento que nos segura neste mundo.
Se não houver temor em nós, a nossa fé se torna obsoleta,  porque sem temor não haverá reverência em nós, e se nós não o reverenciamos como nosso Deus, como o adoraremos em Espírito e em verdade?
É preciso que haja em nossa vida temor diante da excelência de Deus. 
Porque Ele é merecedor que nos despreendamos da nossa existência e nos permitamos ser preenchidos da essência Dele.

Igual a Deus não há,  fazer o que Ele faz, não existe,  amar como Ele nos amou é impossível que alguém consiga, ninguém morre por estranho, por desconhecido, por quem estar a margem dos princípios da vida.
Só Deus foi capaz de rebaixa-se, de tamanha forma, que se tornou como um de nós, pequenos, tudo para que, um dia fossemos um com Ele. Para que nos tornássemos Santos, filhos do Deus vivo.

Como criaturas das suas mãos, precisamos ter temor a Ele, e também, estremecer diante do seu poder. 
Porque, Ele faz e desfaz, Ele ergue e destitui no momento que Ele bem quiser.
Nada há que se oponha a Ele, e se estabeleça,  tremendo e inigualável Ele é. 
Temamos pois, e nos submetamos unicamente a vontade Dele, porque Ele faz em tudo,  toda a sua soberana vontade.
Nós, só temos que o obedecer,  pois, o que Ele fez por nós, é inquestionávelmente grandioso.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *