Conectado por

Entretenimento

Técnico Jorginho lamenta lentidão do time e reclama do árbitro


Compartilhe:

Publicado por

em

O treinador do Cuiabá Jorginho admitiu que faltou velocidade para criar jogadas e agredir mais o Corinthians no jogo desta segunda-feira (27), na Arena Pantanal.

O Dourado perdeu de 2 a 1 para o clube de São Paulo. Auriverde estava a quatro rodadas sem perder na Série A do Brasileirão. Este foi o primeiro resultado negativo sob o comando de Jorginho.

“Perdemos no nosso erro. Erramos duas vezes; primeiro na marcação e depois na saída de bola. O que faltou na realidade, ao meu ver, foi intensidade. A equipe foi mais cadenciada, mais lenta na troca de passes, nas viradas de bola. A equipe aceitou muito a marcação do Corinthians. Eles conseguiam abaixar as linhas e a gente não conseguia fazer uma transição ofensiva rápida”, disse.

Perdemos no nosso erro. Erramos duas vezes, primeiro na marcação e depois na saída de bola.

“Eu gostaria de ficar mais jogos invictos, porque é importante para a gente, nos dá mais confiança. Mas acreditamos muitos no potencial do grupo. Vamos conversar bastante. Não gosto de falar de erros individuais de forma alguma. A responsabilidade maior sempre é do treinador”, acrescentou.

Jorginho ainda demonstrou insatisfação com a atuação do árbitro Ramon Abatti Abel.

“A equipe teve poder de reação no segundo tempo, não se entregou, poderia ter chegado ao empate. É difícil falar da arbitragem, mas eu acho que ele terminou o jogo muito cedo. Um jogo que teve tantas paradas. Ele deu 4 minutos e meio. Disse que deu 5 minutos. Não deu. Eu vi. Quando ele soltou os acréscimos, eu cronometrei. Ou ele deve ter soltado uns 30 segundos antes”, afirmou.

“Muitos lances confusos. O Jenison foi segurado e ele deixou seguir. Marcou um impedimento no lance do Clayson. Quem tocou na bola foi o jogador do Corinthians. A gente poderia ali ter acreditrado e finalizado, mas a jogada foi parada”, acrescentou.

O Cuiabá volta a campo no próximo sábado (31), diante do Internacional, às 19h (de Mato Grosso), no Beira-Rio, pela 14ª rodada do Brasileirão.

Midianews.com.br

Publicidade

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento