Conectado por

Cuiabá-MT

Taxista é baleado após ser obrigado a dirigir para ladrões


Compartilhe:

Publicado por

em

Um taxista de 55 anos foi atingido com um tiro na região das costas, durante um assalto a seu veículo Cobalt, na noite de terça-feira (24), no bairro Parque Cuiabá, na capital. Ao ser rendida por dois suspeitos, a vítima teve que dirigir o veículo durante  a tentativa de fuga e troca de tiros com policiais de Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam).

Segundo boletim de ocorrência, por volta das 19 horas uma equipe foi informada de um roubo a um taxi modelo Cobalt, de cor branca. As informações seriam que o veículo estava em fuga pela Avenida Palmiro Paes de Barros.
 
Diante das informações, uma equipe se deslocou até a região e encontrou o veículo nas proximidades do cemitério. Os militares iniciaram acompanhamento do carro, até que na Rua E-3 os suspeitos pularam do veículo ainda em movimento e efetuaram disparos de arma de fogo em direção dos policiais.
 
Houve troca de tiros, no entanto a dupla conseguiu correr para uma região de mata, próximo de uma escola. Após alguns minutos, os militares avistaram Wesley Mayko Sousa Silva, 27 anos, no telhado de uma kitnet. Ele recebeu voz de prisão e foi encaminhado à Central de Flagrantes com algumas lesões causadas pela tentativa de fuga.
 
Já no veículo, os policiais encontraram a vitima. À polícia, ele contou que havia sido alvejado na altura do ombro. Ele ainda contou que durante o período que esteve sob a mira dos suspeitos, foi ameaçado de morte.

Devido aos ferimentos, o taxista foi encaminhado até a Policlínica do Verdão, onde recebeu atendimento médico e na sequência foi liberado. Na ocorrência não há informações se o disparo foi efetuado pelos policiais ou criminosos.
 
Apesar da mobilização, o segundo suspeito conseguiu fugir. O caso deverá ser investigado.