Conectado por

Porto Velho

Supermercados de Porto Velho são fiscalizados pelo Instituto de Pesos e Medidas de Rondônia

Publicado por

em

O Instituto de Pesos e Medidas do Estado de Rondônia (Ipem) mantém a rotina de fiscalização em supermercados da cidade de Porto Velho. Nos últimos dias foram realizadas três visitas em estabelecimentos que apresentaram irregularidades na pesagem dos produtos.

Continua após a publicidade

O objetivo da fiscalização é a verificação do quantitativo dos produtos expostos ao consumidor no comércio dentro das normas estabelecidas por legislação específica, determinada pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Metrologia (Inmetro), além de garantir que o consumidor não seja lesado no ato da compra.

“Este é o trabalho que o Ipem realiza em nome de todos os consumidores e comerciantes diariamente em todo o Estado, como o órgão que representa o Inmetro em Rondônia. O produto é  pesado no estabelecimento comercial e se tiver suspeita é enviado ao laboratório do Instituto, onde o fabricante é convidado para constatação da falta de produto”, frisou a metrologista Elli Maus.

De acordo com Elli Maus, a embalagem não pode acrescentar o peso do produto. “O produto é embalado e pesado sem o acompanhamento do consumidor, ou seja, é um produto pré-embalado, que o Ipem busca fiscalizar em postos de comercialização desse produto em todo o Estado de Rondônia pelos agentes de fiscalização. Fique atento, quando adquirir um produto, leia a embalagem, pese na balança do estabelecimento, você tem esse direito”, destacou a metrologista.

As fiscalizações do Ipem cumprem todos os requisitos de segurança contra a Covid-19, mantendo o distanciamento necessário, uso de máscara de proteção e álcool gel, cuidando assim, tanto dos servidores do Instituto quanto das pessoas envolvidas no processo.

O consumidor que encontrar ou suspeitar de alguma irregularidade em produtos à venda nos supermercados pode relatar o ocorrido à Ouvidoria do Ipem, pelo e-mail [email protected] ou ainda pelos telefones (69) 98479-9055 e/ou 0800 647 2777.

Fonte
Secom – Governo de Rondônia