Conectado por

Elza Amorim Carvalho

Sonho e Visão: Leite Infantil contaminado e União dos traficantes contra a polícia


Compartilhe:

Publicado por

em

Na madrugada do dia 12 de dezembro de 2018, eu tive o seguinte sonho. 
Eu cheguei em um lugar onde já haviam várias pessoas,  pareciam uma cozinha aberta.
E me sentei em um tamborete,  próximo ali, estava um bebezinho deitado no chão,  ele estava chorando. 
No centro desta sala/cozinha havia um homem, ele estava fazendo o leite da criança,  era filho dele, era ele quem o criava.

Quando eu vi que ninguém o ajudava, eu disse: 
Porque faz isso com o bebê?  E fui pegando o menino. 
O homem que estava sentado junto a mim, me disse: Deixa ai, é o pai quem deve pegar.
Eu entendi que todos estavam com medo de pegar na criança para não ficar responsável se ela morresse.
Mesmo assim eu disse: vou pegar.
Quando levantei o menino, o pai veio com uma mamadeira cheia para dá ao bebê.
Eu tinha visto que o leite da mamadeira estava com uma cor estranha,  amarelado.
Eu sacudir a mamadeira para ver se o leite estava quente. 
Quando olhei para o bico o furo estava muito grande.
Olhei para a boca da criança estava meio estranha,  mas o menino estava com muita fome.
Tentei dá o leite assim mesmo.

Quando coloquei a mamadeira na boca da criança, ele sugou o leite com força, então engasgou.
Puxei rápido, e após, tentei de novo com muito cuidado para o bebê não sugar demais.
Mesmo assim ele engasgou. 
Puxei rápido de novo e fiquei muito preocupada,  mas a criança chorava de fome.
Pela terceira vez coloquei a mamadeira na boca do bebezinho.  
Então o menino engasgou,  eu fiquei desesperada. 
Levantei-me com o menino, ele ficou roxo e meio inerte em meus braços, parecia ter morrido. 
Lembrei de virar ele de bruço, e dar um tapinha nas costas.

Quando virei ele, ele começou a dar golfadas e eu vi muitas bolhas de leite saindo pelas narizes dele.
Eu o sacudia. 
Após alguns minutos e a cor roxa foi virando vermelha e aos poucos ele foi reagindo.  
Foi quando o homem que estava sentado próximo a mim, me disse: 
Eu disse que este leite é de soia não pode dar, vai matar ele. 
(Eu havia entendido que alguém (autoridades) havia mandado dar daquele leite,  ou seja, substituir pelo o que já é usado)
Com o bebê nos braços, peguei a mamadeira e olhando para o leite eu disse:  isto é leite de soia!  Querem matar o bebe.
Me assustei.

Mas antes que eu acordasse. Como se fosse uma sequência para eu não esquecer. 
Eu ouvir a voz de uma reporter falando, era noticiário de um jornal. 
E ela disse: Assaltantes passam para o mesmo lado para enfrentar o tiroteio.
(Tudo parecia um cenário de filme). 
E ouvir a frase “perdidos na noite”
E eu vi um homem com um fuzil na mão, estava com um joelho sobre o chão pronto para atirar. 
E ele estava vestido com a farda camuflada do exército. Branco, preto e marrom.
Acordei.

Lembro-me que dias atrás eu tive uma visão,  não a escrevi porque não conseguir discernir. 
Mas eu vi que existia algo doloroso,  muito choro. Lembro-me, que eu ouvir a voz de uma jornalista dizendo assim: 
Não ouve a Deus e foi mexer logo com os traficantes.  
E eu via algo parecendo corpos humanos pelo chão. 
Penso eu: esta visão estar ligada com a segunda parte do sonho.

No primeiro sonho eu entendi que leite contaminado estar sendo dado aos bebês e vai matá-los sufocados.

E a outra parte é que:
Os bandidos vão se unirem para combaterem contra a polícia/ exército.

Certamente o SENHOR Soberano não faz coisa alguma sem revelar o seu plano aos seus servos, os profetas. Amos 3:7

Pra Elza Amorim Carvalho 
[email protected]

Publicidade

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento