Conectado por

Religião

Somos apenas números?


Compartilhe: Entre no nosso grupo do Whatsapp

Publicado por

em

Aquele, porém, que entra pela porta é o pastor das ovelhas. A este o porteiro abre, e as ovelhas ouvem a sua voz, e chama pelo nome… e as ovelhas o seguem, porque conhecem a sua voz. Assim diz o Senhor que te criou… que te formou…: não temas, porque eu te remi; chamei-te pelo teu nome, tu és meu. João 10:2-4; Isaías 43:1)

Nossa civilização governada pela informática, tende a fazer de nós indivíduos anônimos. Nas cartas que recebemos, seu nome como o meu, geralmente vem acompanhado por uma longa lista de caracteres (ou um chip) que informa tudo o que se quer saber a nosso respeito como clientes de um seguro, titulares de uma conta bancária, contribuintes e etc.

Estamos caminhando para uma época em que um número de identidade, atribuído no nascimento substituirá nosso nome por toda a vida? Desse modo, a administração acabaria com os homônimos e os erros de ortografia nos nomes. Porém existe um âmbito onde essa simplificação não poderá ser introduzida: é o da família. Por quê? Quem poderá impedir os pais de pronunciar constantemente o nome que escolheram com amor para seu bebê?

Sim, para os que nos amam sempre teremos um nome. E quem nos ama mais do que Deus? Para Ele, não somos apenas números, criaturas anônimas ou intercambiáveis. Cada um de nós é um ser concreto, bem conhecido, seres em quem pensou desde muito antes de nosso nascimento e nos quais não deixa de ter interesse.

Como responderei a esse interesse pessoal? O que representa para mim o nome do Senhor Jesus Cristo?

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 + 19 =

Publicidade
CRÉDITO JÁ - EMPRÉSTIMOS
Casas De Apostas Online

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento