Conectado por

Agronegócios

Soja reage e sobe forte nos EUA


Compartilhe:

Publicado por

em

O preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago registrou na quinta-feira (08.08) alta de 16,25 pontos no contrato de Setembro/19, fechando em US$ 8,7025 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT também fecharam a sessão com valorizações entre 15,75 e 16,25 pontos.

Os principais contratos futuros tiveram uma sessão de forte recuperação de preços no mercado norte-americano de soja, com problemas de clima e boa exportação – apesar da ausência da China. “Vários elementos impulsionaram os preços. Por um lado, a preocupação com a seca em algumas regiões produtoras dos EUA. Por outra parte, foi destaque o forte aumento dos preços do óleo de soja. Ocorre que ontem a China anunciou que estaria liberando cotas adicionais de importação de vários óleos vegetais (palma, canola e soja). Isto impactou nos preços em geral, e houve ainda mais vendas de exportação”, aponta a T&F Consultoria Agroeconômica. 

De acordo com a Consultoria ARC Mercosul, a proximidade do novo relatório do USDA motivou um movimento mais intenso de compra dos fundos investidores, que vem reduzindo seu risco diante das incertezas presentes ainda sobre a safra americana: “O movimento altista encontrou suporte também nas condições adversas das lavouras americanas em grande parte do Cinturão Agrícola, que não têm recebido chuvas significativas nas últimas 03 semanas e onde projetam-se volumes abaixo da normalidade até meados de agosto”. 

“A demanda por grãos americanos segue depreciada, fato confirmado nesta quinta-feira no relatório de exportações semanais do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos), o que deve motivar novos cortes nas exportações totais do país em 2019”, concluem os analistas da ARC Mercosul.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *