Conectado por

fatalidade

Sobreviventes de acidente em Montanha, Espírito Santo, dizem que motorista bebeu antes de dirigir

Publicado por

em

Carro ficou destruído após capotamento em Montanha, Norte do ES — Foto: Erika Carvalho/TV Gazeta ES

Continua após a publicidade

Dois jovens sobreviventes do acidente que matou quatro pessoas na estrada que liga os municípios de Montanha e Mucurici, no Norte do Espírito Santo, no dia 2 de junho, foram ouvidos na manhã desta quarta-feira (5) pela polícia. Os depoimentos foram prestados na delegacia de Montanha.

O delegado Wesley Santos, responsável pelo caso, informou que as testemunhas confirmaram que Heuller Santiago de Souza, de 19 anos, que morreu na batida, era quem dirigia o veículo no momento do capotamento.

O delegado disse que os jovens assumiram que todos os envolvidos no acidente ingeriram bebida alcoólica em uma festa antes de entrarem no carro.

A Polícia Civil declarou que o veículo estava em alta velocidade e que o condutor Heuller perdeu o controle da direção e acabou capotando. Além disso, segundo a polícia, o automóvel estava com a lotação acima do permitido, com seis pessoas.

Agora, a polícia aguarda o laudo pericial do local do acidente para concluir o inquérito.

Emoção na despedida

Três dos quatro jovens mortos no acidente foram enterrados na segunda-feira (3) no cemitério de Ponto Belo, onde moravam. Amigos, familiares e moradores da cidade estavam inconformados com a tragédia durante o velório.

Os corpos de Ezequiel Silva Esteves, de 16 anos, Lucas Ferreira Sales, de 17, e Ruan Marcos Sena Oliveira, de 19, foram enterrados por volta das 16h.

 Corpos dos jovens foram velados em uma escola que fica no Centro de Ponto Belo, ES — Foto: Erika Carvalho/TV Gazeta ES

Corpos dos jovens foram velados em uma escola que fica no Centro de Ponto Belo, ES — Foto: Erika Carvalho/TV Gazeta ES

O corpo de Heuller Santiago de Souza, de 19 anos, também foi enterrado no dia 3 de junho, em Itabaiana, no município de Mucurici, no Norte do Estado.

Antes, durante o velório dos quatro jovens, que aconteceu em um ginásio que fica dentro de uma escola municipal de Ponto Belo, moradores da cidade lotaram o local para prestarem suas últimas homenagens.

Os dois jovens que prestaram depoimento na polícia não ficaram feridos no acidente.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *