Conectado por

Rondônia

Sistema pela internet facilita localização de medicamentos pelo paciente em Porto Velho


Compartilhe:

Publicado por

em

Com a ideia de facilitar a vida dos cidadãos, a Prefeitura de Porto Velho implantou, em 2017, o Farmapup, uma ferramenta tecnológica que faz o mapeamento dos remédios disponibilizados pela Rede de Atenção Básica. O sistema foi desenvolvido pela Coordenadoria Municipal de Tecnologia da Informação, Comunicação e Pesquisa (CMTI), sem ônus ao Executivo Municipal.

De acordo com o coordenador da CMTI, Saulo Nascimento, o FarmaPub é um módulo do Sisfarma, que é um sistema de gestão e controle de estoque das farmácias e a partir do almoxarifado central da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa). “Ele contribui para que o paciente não perca tempo buscando remédio, andando de unidade em unidade de saúde. A plataforma mostra todos os remédios que são ofertados pela Relação Municipal de Medicamentos Essenciais (Remume)”, informou.

“Porto Velho é a única cidade do Brasil que disponibiliza esse serviço, o FarmaPub. Ele faz com que os gestores de saúde pública tenham ainda mais responsabilidade com relação ao abastecimento de remédios na rede, um alto grau de comprometimento torna-se mais visível, proporcionando maior transparência das ações”, garantiu a secretária da Semusa, Eliana Pasini.

Fluxo
Segundo a Administração Municipal, a ferramenta contribui também para que a Semusa possa acompanhar o fluxo de medicamentos, abastecendo a farmácia de cada unidade, de acordo com a demanda, evitando erros de lançamento e de quantitativo de medicamentos.

Fiscalização
Saulo Nascimento disse ainda que os órgãos de controle e fiscalizadores têm a possibilidade de acessar o sistema, que se destaca também por ser muito democrático.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *