Conectado por

Direto de Brasília

Senadores aguardam instalação de CPI de Brumadinho pela Câmara até dia 11


Compartilhe:

Publicado por

em

As lideranças partidárias do Senado aguardarão só até 11 de março para que a Câmara instale a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) de Brumadinho. Caso contrário, os senadores pretendem pôr em funcionamento na Casa uma CPI para investigar as causas da tragédia provocada pelo rompimento de barragem da mineradora Vale, ocorrida há um mês, e que provocou mais de 300 vítimas, entre mortos e desaparecidos. O anúncio foi feito nesta terça-feira (26) pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) em entrevista à imprensa, após reunião de líderes.

— É fundamental que a Câmara se resolva o quanto antes e consiga as assinaturas para a instalação de uma comissão mista. Por parte do Senado, a CPI já está pronta. Definiu-se dar um prazo para ver se a Câmara avança. É o tempo em que aqui no Senado serão concluídas as indicações para, se a Câmara não o fizer, termos uma comissão parlamentar mista. O fundamental, em tema delicado como este, não é a disputa por protagonismo, mas uma comissão parlamentar de inquérito que dê resultados. Mas é necessário que a Câmara avance, chegue a um acordo e entregue as assinaturas para a sua CPI. Isso é urgente e necessário. O Senado não pode ficar indefinidamente esperando — afirmou.

Randolfe ressaltou que já há um consenso no Senado para a instalação de uma CPI de Brumadinho, já tendo sido coletadas as assinaturas com indicações das lideranças partidárias, com exceção do bloco que reúne PT e Pros, que deverão fazer as indicações ainda nesta semana.