Conectado por

Acre

Sem atualização há 5 anos, prefeitura de Rio Branco inicia recadastramento previdenciário


Compartilhe: Entre no nosso grupo do Whatsapp

Publicado por

em

Mais de 5 mil servidores efetivos da Prefeitura de Rio Branco deve atualizar os dados no Instituto de Previdência Municipal (RBPrev). Sem atualização desde 2013, a ação começa nesta segunda-feira (3) e se estende até o mês de dezembro.

O recadastramento previdenciário é feito, na primeira etapa, por meio de um pré-cadastro feito no portal do instituto. Na segunda fase, o servidor precisa ir pessoalmente na sede do instituto, na Travessa Campo do Rio Branco, bairro Capoeira, confirmar os dados, validar o recadastramento e receber o recibo.

Para ajudar os servidores, a direção do RBPrev montou um cronograma de atendimento conforme a data de aniversário dos funcionários. A diretora-presidente do RBPrev, Raquel de Araújo, explicou que os aniversariantes do primeiro semestre do ano também vão ser atendidos.

“Como vamos começar agora no início de junho, temos que abranger os servidores que fizeram aniversário de janeiro a maio. Junho vamos atender quem fez aniversário de janeiro e junho. Em julho, que fez aniversário em fevereiro e também em julho, até finalizar o mês de maio”, acrescentou.

Documentação

Para validar os dados, o servidor precisa levar os documentos pessoais originais, ou cópias autenticadas, dele e também dos dependentes. A lista completa pode ser conferida no Diário Oficial do Acre (DOE) desta sexta-feira (31), na página 197.

“Tem servidor que no estudo passado está no registro como casado e agora se divorciou ou ficou viúvo, tem outros que não tinham dependentes e hoje já têm filhos. Então, precisamos atualizar. O último que teve na prefeitura foi em 2013, só que já estamos em 2019 e vamos fazer um chamamento para que essa base se mantenha atualizada constantemente”, ressaltou.

Raquel afirmou que é importante que todo servidor municipal ativo, mesmo que esteja afastado das funções, compareça para atualizar os dados previdenciários. A cada mês, ela diz que vai ser divulgada uma lista no DOE com os nomes dos faltosos.

“Tem uma punição se não for, no caso no mês subsequente a gente vamos mostrar a relação dos ausentes, vamos divulgar no Diário, fazer um chamamento e aí, no caso se não comparar, infelizmente vamos ter que tomar uma medida mais drástica, que acho que não vai acontecer”, concluiu.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 2 =

Publicidade
Casas De Apostas Online

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento